quarta-feira, 12 de maio de 2021

México | 5 Ventajas De Incorporar Herramientas Tecnológicas Y Gamificación En Clase

 La experiencia vivida a nivel mundial durante el último año trajo consigo grandes cambios en todos los sentidos y en todos los sectores. Parte de quienes enfrentaron estos cambios y momentos de incertidumbre, sin lugar a duda, fueron los maestros, que rápidamente tuvieron que adoptar la tecnología disponible y adaptarse al reto de continuar enseñando a sus estudiantes, pero a distancia.

Ser maestro es una noble labor; es destacable la forma en que se presentan ante sus estudiantes todos los días para enseñarles a leer, escribir y comprender textos en idiomas nativos o extranjeros. Desafían a sus estudiantes con números complejos y pensamiento analítico. Los inspiran a ser creativos y a disfrutar de la magia de la música. Cultivan habilidades como la conciencia social y personal, la toma de decisiones y resiliencia para prepararlos para cualquier desafío. Además, brindan a sus estudiantes una comprensión más profunda del mundo a través de la ciencia y la historia, e incluso, les otorgan herramientas para cuidar adecuadamente sus cuerpos y ocuparse de su salud.

Esta profesión es digna de ser reconocida todos los días, pero especialmente en momentos como este, en los que, a pesar de no contar con capacitación previa en algunos casos, o no estar familiarizados con recursos digitales, los maestros han navegado por las opciones que la tecnología les ofrece para impartir sus clases, y por una nueva forma de enseñar y aprender en línea.

Por todo ello, Kahoot!, la plataforma global de aprendizaje basada en juegos, y Kahoot! Academy, plataforma de conocimiento y comunidad global multilingüe, con motivo del Día del Maestro, a celebrarse el próximo 15 de mayo, presentan cinco ventajas de incorporar herramientas tecnológicas y gamificación en clases, que les ayudarán a continuar con su valiosa labor y a mejorar la experiencia de enseñanza y aprendizaje en el aula física o virtual:

  1. Motivan a los estudiantes a dar lo mejor de sí al competir contra sus compañeros de clase o contra ellos mismos.
  2. Contribuyen a mantener el ritmo de la clase, así como el interés y atención de los estudiantes.
  3. Impulsan el desarrollo de habilidades de colaboración y trabajo en equipo.
  4. Posibilitan el acceso a materiales y recursos desde cualquier lugar y en cualquier momento.
  5. Incrementan la participación de los estudiantes debido a una comunicación bidireccional fluida y constante.

Ciertamente los maestros son una parte esencial del sistema educativo de un país y marcan la diferencia al enseñar, involucrar, inspirar y empoderar a los estudiantes a adquirir habilidades que emplearán en su vida personal y profesional presente y futura.

Para celebrar esta importante fecha, y conscientes de que en esta ocasión no será posible que los maestros reciban personalmente las muestras de cariño y el agradecimiento de sus estudiantes, Kahoot! ha desarrollado una colección de juegos (en inglés) para festejar el Día del Maestro, aprender y divertirse en línea. ¡Juguemos! 

México | Mamás Y Mujeres Emprendedoras, La Inspiración Y El Desafío

 


por Yesica Flores

En la búsqueda de un mayor bienestar para su familia, algunas de las mujeres que son madres necesitan incursionar en el emprendedurismo y entran al mundo empresarial en un esfuerzo claro de disciplina, persistencia e inspiración. Según datos del Instituto Nacional de las Mujeres, en México más de 13 millones de las mujeres que forman la Población Económicamente Activa, son madres que trabajan[1].

Los negocios que emprenden las mujeres que son mamás, en su mayoría surgen de la necesidad como primer factor de impulso, aunque también se basa en el deseo de comenzar un negocio propio. Así que, aunque en un principio quieras comenzar con un negocio pequeño, no te limites, si tienes la oportunidad de que e

ste crezca, no dudes en tomarla.

“Estudios recientes señalan que un 70% de las emprendedoras mexicanas son mamás. Incluso, revelan que para las emprendedoras el negocio es una extensión de su vida personal, del cual destinan el 42.2% como apoyo económico a algún familiar” Dante Teytud, experto en finanzas personales y director comercial de Credifiel.

Para estas mujeres emprendedoras que son madres, el desafío es mantener el equilibrio entre ambos roles. Sabemos que para ellas nada es imposible, sin embargo, aquí te compartimos las ocho claves que necesitan para lograr la estabilidad familiar y empresarial que las llevará al éxito.

  • Forma una red de apoyo. Acércate a tu familia más cercana o amigos en quien puedas confiar para pedirles que sean tu soporte en caso necesario
  • Confía en tu instinto. Al iniciar tu negocio propio podrás observar que tu talento maternal y empresarial se complementan para alcanzar tus sueños. Deja que ese instinto te guíe.
  • Desarrolla un plan de negocios acorde a tus posibilidades. Todo proyecto requiere de una guía empresarial con análisis de mercado y acciones a futuro, sé realista y agrega metas alcanzables. 
  • Mantén tus finanzas sanas. Administrar y gastar el dinero que percibes de manera adecuada, así como tener ahorro para el futuro o para atender imprevistos, es la mejor opción para llevar esa experiencia a tu negocio. 
  • Pide ayuda, capitalízate. No le tengas miedo al crédito, las soluciones financieras son la representación de un apoyo para concretar tu idea de negocio. Acércate a expertos como Credifiel que te ofrece respaldo económico para invertir en tu propio negocio.
  • Voltea a ver a otras mamás emprendedoras. Existen grupos de mamás emprendedoras que iniciaron igual que tú -por necesidad y deseos de tener un negocio propio-, que conocen las rutas para alcanzar tus objetivos empresariales, ellas son el mejor ejemplo de casos de éxito y te podrían compartir algunas recomendaciones.
  • Utiliza una sola agenda. Unificar las agendas laboral y familiar te permitirá tener un panorama más completo de tus actividades y así podrás cumplir con los compromisos de tus hijos, cónyuge y reuniones de trabajo.
  • Controla los gastos de tu hogar de manera digital. Ahorrarás tiempo si solicitas pagos referenciados de los servicios básicos y/o tarjetas bancarias.

Estas ocho claves son fundamentales para alcanzar el equilibrio en la relación familiar-laboral de las mamás emprendedoras que desde hace más de una década tienen una presencia importante en la economía nacional. Según datos del INEGI, las mujeres son propietarias de un tercio (36.6%) de los establecimientos micro, pequeños y medianos de manufacturas, comercio y servicios privados no financieros (MIPYMES). Y son ellas quienes contratan más mujeres para trabajar (dos mujeres remuneradas por cada hombre)[1].

“Las mujeres que son mamás, emprenden en la mayoría de los casos por necesidad, y al mismo tiempo ayudan a su familia y a otras mujeres a salir adelante. A ellas, además de una felicitación por el mes de las madres, les decimos que pueden contar con nuestro apoyo, que pueden vernos como un socio estratégico que las impulsará e inyectará capital para mejorar las condiciones de su nuevo negocio. El beneficio será integral”, señala Dante Teytud, experto en finanzas personales y Director Comercial de Credifiel.

Credifiel refrenda su compromiso hacia las mamás emprendedoras que buscan mejorar sus negocios a través del acceso a soluciones financieras que les permitan alcanzar sus objetivos y elevar su calidad de vida para favorecer la consolidación de sus proyectos.

[1] INEGI

[1] Instituto Nacional de las Mujeres

México | TOTVS Divulga Los Resultados Del Primer Trimestre Con Un Aumento De 20% En Los Ingresos Netos Y Margen EBITDA Ajustado De 26.3%


por Yesica Flores

 

  • Los resultados reflejan un equilibrio entre rentabilidad y crecimiento, que posicionan a la empresa por tercer trimestre consecutivo en la regla 40 (suma de crecimiento de ingresos y EBITDA por encima del 46%)
  • Los Ingresos por Tecnología aumentaron en dos dígitos, alcanzando R $ 665 millones (+ 11% interanual)

TOTVS, empresa líder de tecnología en Latinoamérica, divulga sus resultados financieros para el primer trimestre de 2021 y refuerza el ritmo de crecimiento acelerado. En el período, la empresa alcanzó un Ingreso Neto Total de R$ 720 millones, lo que representa un aumento del 20% en la comparación interanual, con EBITDA Ajustado 49% superior al mismo período de 2020 y Margen EBITDA Ajustado de 26.3 %.

Con estos resultados, la compañía se mantuvo, por tercer trimestre consecutivo, en la Regla de los 40 (con un 46%) – cuando la suma del crecimiento de los ingresos netos y el margen EBITDA supera el 40%, lo que indica una empresa con alto potencial de generación de valor.

“Los resultados demuestran que TOTVS mantuvo el equilibrio entre rentabilidad y crecimiento y refuerzan que comenzamos 2021 al mismo ritmo que cerramos 2020: acelerando”, dice Dennis Herszkowicz, presidente de TOTVS. “La construcción del ecosistema tecnológico para apoyar la productividad de las pequeñas y medianas empresas continúa consolidándose, respaldada por un viaje de digitalización que apunta a potenciar las operaciones de TOTVS”, agrega.

En el segmento de Tecnología, TOTVS alcanzó Ingresos de R$ 665 millones, de los cuales R$ 539 millones generados por Ingresos Recurrentes (+15% en comparación con 1T20), que pasó a representar el 81% de los Ingresos por Tecnología – el más alto nivel histórico de la compañía. Entre los destaques que contribuyeron al incremento de la recurrencia se encuentran la oferta de SaaS (Software como Servicio), que tuvo un incremento del 27% en el trimestre, en comparación con el mismo período del año anterior, y de las ventas de Cloud, que presentó crecimiento del 72%.

Otro destaque en Tecnología fue el ARR (Ingresos Recurrentes Anualizados) de R$ 2.3 mil millones, con una adición neta récord de R$ 90 millones en el trimestre, 63% por encima del mismo período del año anterior.

“En la dimensión de Gestión, el enfoque en SaaS, la evolución continua de la calidad del producto y la ‘cloudificación’ nos permitió acelerar aún más el crecimiento de los ingresos recurrentes. Entendemos que el mercado latinoamericano de software de gestión (ERP, RR.HH. y Verticales) está lejos de ser maduro y todavía tiene mucho espacio para crecer”, destaca Dennis.

México | Noticias Falsas: Pasos Para Detectarlas

 


por Yesica Flores

Las noticias falsas son algo con lo que convivimos a diario y quizá no caemos en cuenta de ello. Si bien son constantes, hay momentos que se intensifican debido a ciertos acontecimientos o momentos particulares en una sociedad, como sucede ahora en México de cara a las próximas elecciones.

Para no ser objeto de la desinformación, compartimos 3 sencillos consejos para identificar una noticia falsa:

1)    Sé crítico de las noticias que consumes, cuestiona la veracidad de la información que se te presenta. Utilizar el sentido común es valioso para saber si los hechos que se presentan son lo más apegados a la realidad o bien son “disparatados”.

2)    Investiga la fuente, para hacerlo sigue estos pasos:

●     Cerciórate que la dirección de la página web es de una fuente de información confiable, pudiendo ser un medio de comunicación, persona reconocida en cierto sector, empresa, organización civil o gobierno; se sugiere desconfiar de blogs de personajes personales, salvo que sea de alguien validado socialmente.

Atención: cuando en redes sociales como Facebook publican enlaces de noticias falsas, van acompañadas de una previsualización para darle clic e ingresar a la página; la URL de dicha web se puede observar abajo a la izquierda de la imagen, siendo poco probable que se le preste atención ya que los humanos leemos de arriba abajo, de izquierda a derecha, siendo lo último que vemos.

●     Registra quién es el autor del artículo y después búscalo en internet para saber si es alguien que de manera constante se dedica a informar sobre el tema en cuestión.

●     Lee la nota completa e identifica si cita diferentes fuentes de información y si utiliza un lenguaje neutral sin caer en calificativos o juicios de valor. Si solo utiliza una única fuente de información no identificable, es probable que sea una noticia falsa.

●     Haz una búsqueda en internet con palabras clave del tema o busca sobre este para saber si es un tópico que sea del conocimiento público, y de ser así, investiga si el aspecto que te mostró la posible “fake news” coincide con lo que se está hablando.

3)    Búsqueda inversa de imágenes. Otra forma de presentar noticias falsas es revivir información vieja como si fuera nueva, para lo cual se valen del uso de imágenes editadas (y que en realidad no son reales).

Para saber si son reales, guárdalas (pero cerciórate de tener antivirus para que tu equipo no se vea comprometido), ve a la pestaña de Imágenes de cualquier motor de búsqueda, pégala, dale clic en buscar y si no te aparecen coincidencias de la foto publicada en otros sitios web que se pueden considerar confiables, es altamente probable que se trate de una imagen “truqueada”. 

4)    Revisa si los títulos son sensacionalistas, con textos cortos y en mayúsculas. Esta técnica apela al hecho de que es más fácil compartir noticias malas que buenas,

además que no requieren de esfuerzo en su lectura, siendo los “ganchos” perfectos para que las personas las lean.

Cuidado con las noticias falsas en video

Mejor conocidas como Deepfakes, son videos que, apoyados por inteligencia artificial, utilizan los rasgos faciales de una persona a partir de un cúmulo de imágenes estáticas para luego sincronizarlas con elementos vocales de este, más el original, para crear diálogos simulados.

Un ejemplo de esto es la llamada nigromancia digital, es decir, vídeos que “reviven” personajes, en la mayoría de las veces ya fallecido, en una situación fuera de contexto.

Para detectarlas, deberás hacer lo siguiente:

1)    Presta especial atención al parpadeo de sus ojos: por lo general las personas parpadeamos una vez cada 4 o 8 segundos, en cambio en un video falso es mayor la frecuencia de parpadeo, es decir cierra los ojos menos veces.

2)    El movimiento de la boca: al tener que ajustar el algoritmo al sonido, muchas veces no coincide el movimiento de los labios con lo que está diciendo.

3)    No se ve el cuerpo completo: donde más debemos prestar atención es en la unión entre el cuello y el pecho, buscando una superposición o iluminación.

Para detectar la nigromancia digital podemos además de los consejos para las Deepfakes, investigar a la persona fallecida que están reviviendo, buscando datos en fuentes oficiales de si realmente ha muerto o no.

Por: Álvaro Chirou, instructor de Udemy experto en seguridad informática y forense

México | Se Espera Una Nueva Fase De Crecimiento De La Inteligencia Artificial En América Latina A Medida Que Las Empresas Buscan Emerger Más Resilientes

 


por Yesica Flores


Una nueva investigación de mercado encomendada por IBM reveló algunos datos sobre el uso de la inteligencia artificial (IA) en Latinoamérica: el 21% de los profesionales de TI encuestados en la región señaló que su negocio ahora está utilizando IA, en tanto que el 43% informa que sus organizaciones han acelerado la implementación de IA como consecuencia de la pandemia de COVID-19. Si bien los avances recientes en tecnología hacen que la IA sea más accesible que nunca, la encuesta anual realizada por Morning Consult también señala cuáles son los desafíos más importantes, entre ellos la falta de habilidades de IA y una creciente complejidad de datos.

El estudio muestra las empresas de Latinoamérica enfrentan desafíos en la adopción de IA, pero al mismo tiempo se observa que la tecnología ha cobrado nuevo impulso, a raíz de los cambios en las necesidades de negocio que trajo la pandemia global, que a su vez motivan una mayor necesidad de IA. Más del 50% de las empresas de Latinoamérica están explorando la adopción de IA. La mitad de las empresas latinoamericanas reconocen que la pandemia ha intensificado su enfoque en la atención al cliente, así como también ha crecido el foco en otras áreas como marketing y ventas (36%), automatización de procesos (33%) y seguridad (31%). La inteligencia artificial ya está cambiando la forma en que las empresas operan hoy, desde cómo se comunican con sus clientes a través de asistentes virtuales, hasta la automatización de flujos de trabajo clave, e incluso la gestión de la seguridad de red.

Algunos puntos destacados del “Global AI Adoption Index 2021” de IBM incluyen:

  • Se planean inversiones significativas en IA en los negocios: Más del 20% de las compañías de Latinoamérica informaron que utilizan IA en sus negocios. La adopción es impulsada por múltiples desafíos y oportunidades que enfrentan las empresas, desde la pandemia de COVID-19 hasta avances en la tecnología que la vuelven más accesible. El 41% de los profesionales de TI comenta que su compañía planea invertir en aplicaciones IA listas para usar en los próximos 12 meses.
  • COVID-19 aceleró la forma en que las empresas están usando la automatización: Seis de cada diez (62%) profesionales de TI latinoamericanos informan que su compañía actualmente está usando software o herramientas de automatización, y el 22% dice que su compañía planea adoptar el uso de software o herramientas de automatización en los próximos 12 meses. Además, dos terceras partes (64%) de las compañías que están explorando e implementando IA comentan que impulsar grandes eficiencias en procesos y tareas es el motivo para usar o considerar la automatización, en tanto que el ahorro de costos es un mayor determinante en compañías que ya están implementando IA. 
  • IA confiable y explicable es un factor crítico para el éxito: Casi el 90% de las empresas que utilizan IA comentan que su capacidad de explicar cómo la IA llegó a una decisión es crítica. Si bien en Latinoamérica las empresas ahora son conscientes de la importancia de una IA confiable, el 74% de los profesionales de TI de la región informa que una falta de habilidades / capacitación para desarrollar y administrar IA constituye una barrera grande o mediana para el desarrollo de IA que sea explicable y confiable. Además, el 89% de los profesionales de TI latinoamericanos están totalmente o algo de acuerdo con que los consumidores tienen más probabilidad de elegir los servicios de una compañía que ofrezca transparencia y un marco ético sobre cómo se construyen, administran y utilizan sus datos y modelos de IA.
  • La capacidad de acceder datos en cualquier lugar es clave para aumentar la adopción de IA: Debido a la proliferación de datos a lo largo de la organización, los profesionales de TI deben extraer datos de más de 20 fuentes diferentes para informar su IA. En Latinoamérica, casi el 90% de los profesionales de TI admite que poder ejecutar sus proyectos de IA donde sea que residan los datos es un punto clave a favor de la adopción de la tecnología.
  • El procesamiento de lenguaje natural se encuentra a la vanguardia: Seis de cada diez (61%) profesionales de TI de Latinoamérica comenta que su compañía está usando o considerando usar soluciones de procesamiento de lenguaje natural (NLP) para mejorar la experiencia de sus clientes. El servicio al cliente es el caso de uso principal para NLP; 42% de los profesionales de TI en Latinoamérica informa que su compañía está usando soluciones NLP para mejorar la experiencia de los clientes y fue el caso de uso de IA que los profesionales de TI más citaron como mayor foco de atención debido a la pandemia de COVID-19.

“Los datos muestran que las empresas están movilizándose para adoptar enfoques de nube híbrida para sus proyectos de datos e IA. El enfoque incluye virtualización de datos, DataOps e integración de carga de trabajo de IA con sus procesos. Para Latinoamérica, 2021 será el año en que IA se volverá una tendencia, con la adopción generalizada del enfoque de nube híbrida, orientado hacia la flexibilidad y velocidad para llegar al mercado y obtener los beneficios de automatizar procesos de negocio y apoyar mejor a nuestros clientes”, comentó Camilo Rojas, Líder de Information Architecture & Cloud Pak for Data para Latinoamérica.

Si bien la adopción está posicionada para el crecimiento, las empresas aún enfrentan una serie de desafíos para la adopción de IA. Las barreras persistentes a lo largo de mercados e industrias destacan la necesidad de un foco continuo en abordar las brechas de habilidades y soluciones.

  • Las tres barreras principales para la adopción de IA para los negocios son: Experiencia o conocimientos limitados en IA (40%), falta de herramientas / plataformas para desarrollar modelos de IA (28%) y aumento de la complejidad de los datos y silos de datos (22%) .
  • Los profesionales de TI en Argentina, Brasil, Chile, Colombia y México consideran que incluir IA en su negocio es la parte más difícil del viaje de IA de su organización, mientras que los profesionales de TI en Perú consideran que recolectar datos para hacerla simple y accesible es la parte más difícil.

IBM está trabajando para acelerar la adopción mediante la entrega de inteligencia artificial diseñada para las necesidades de las empresas. Para brindarles a las empresas, los científicos de datos y los desarrolladores las capacidades que necesitan para escalar la IA, IBM continuamente está aportando nuevas innovaciones a IBM Watson de IBM Research, que ayudan a las organizaciones a comprender mejor el lenguaje de los negocios, automatizar los procesos y la TI, y generar confianza en sus resultados de IA. Además, IBM Global Business Services aporta una profunda especialización en tecnología, industria y diseño de procesos para co-crear soluciones con los clientes que integran la IA en los procesos de negocio clave y generar flujos de trabajo inteligentes a escala.

Descargue el informe completo aquí.

Museu Municipal de Arqueologia de Silves recebe visita técnica no âmbito da candidatura à rede portuguesa de museus


No âmbito da sua candidatura à Rede Portuguesa de Museus (RPM), o Museu Municipal de Arqueologia de Silves recebeu ontem, dia 11 de maio, uma visita técnica de uma equipa indigitada pela Direção Geral do Património Cultural, que verificou in situ o cumprimento de todos os requisitos para a sua integração na RPM.
Acompanhados pela Presidente da Câmara Municipal de Silves, Diretora do MMAS, Chefe de Divisão da Cultura, Turismo e Património e técnicos da área do Património do Município, participaram nesta visita a Diretora Regional de Cultura (DRC), os Diretores de Departamento de Bens Culturais da DRC e de Museus da DGPC, os Chefes de Divisão de Acreditação da DGPC e de Conservação e Restauro do Instituto José Figueiredo e, ainda, um especialista em acessibilidades.
Para além do espaço de visitação do público, a visita técnica passou por todas as áreas associados à função museológica, nomeadamente as áreas de reservas visitáveis e não visitáveis, o depósito de espólio arqueológico, o laboratório de conservação e restauro, a sala de inventário, o espaço dedicado aos Serviços Educativos, a área dedicada à investigação e gestão da arqueologia, entre outras, tendo sido enaltecidas as boas práticas em curso, a dedicação dos técnicos afetos a este trabalho e a aposta que o atual executivo municipal faz na defesa e valorização do património, nomeadamente no que concerne ao investimento que tem vindo a ser feito nos melhoramentos e modernização do Museu Municipal de Arqueologia e na perspetiva de vir a ser, oportunamente, criado um Centro de Investigação Arqueológica para acolhimento de investigadores que possam vir a estudar os materiais arqueológicos que resultam das intervenções arqueológicas realizadas no território de Silves contribuindo, assim, para a produção de conhecimento histórico.
Relembre-se que a candidatura do MMAS à RPM foi submetida no passado dia 3 de setembro, data em que o museu completou 30 anos. O processo de acreditação passa por várias fases, culminando com a homologação por parte da Ministra da Cultura, após parecer do Conselho Nacional de Cultura, resultante da visita técnica efetuada ontem.

De salientar que o Museu Municipal de Arqueologia de Silves expõe uma significativa coleção de objetos arqueológicos que contam a história do território de Silves desde a pré-história à época moderna tendo no seu interior dois monumentos nacionais: um tramo e torre das muralhas da Almedina (séculos XII-XIII) e o Poço-Cisterna Almóada (séculos XII-XIII), ambos classificados como monumentos nacional.

Plano Estratégico Municipal da Cultura para o Concelho de Leiria para o horizonte temporal 2030


Na reunião de Câmara de terça-feira, dia 11 de maio, foi apresentado o Plano Estratégico Municipal da Cultura para o Concelho de Leiria para o horizonte temporal 2030 (PEMCCL), que será colocado em consulta pública no website do Município de Leiria, de 12 a 26 de maio de 2021.
Os documentos poderão ser consultados em https://www.cm-leiria.pt/apoio-ao-municipe/balcao-virtual/documentos/consulta-publica e os contributos (sugestões) enviados para div.cultura@cm-leiria.pt .

O PEMCCL caracteriza-se como o resultado final de um trabalho desenvolvido ao longo de vários meses por uma equipa multidisciplinar, que integrou duas componentes principais: Diagnóstico do setor cultural e criativo do concelho de Leiria e Estratégia e Plano de Ação para o período 2021-2030.

A fase inicial, de elaboração do diagnóstico, pressupôs um elevado investimento de auscultação da equipa municipal e de atores e agentes locais, sendo que o seu relatório preliminar, finalizado em junho de 2020, foi amplamente discutido ao longo dos meses seguintes e em diversos encontros com as instituições locais, os agentes do setor e a comunidade.

A fase de formulação da estratégia e de elaboração do plano de ação foi trabalhada de forma muito articulada com os responsáveis e a equipa técnica municipais, mas igualmente partilhada e discutida com os atores locais, beneficiando de interessantes contributos recolhidos, da qual resultou a redação da versão final do PEMCCL e respetivo documento síntese.

Uma vez concluída a redação da versão final do Plano Estratégico Municipal da Cultura para o Concelho de Leiria (PEMCL), segue-se agora um processo de consulta pública, com recurso a divulgação on-line através do website da Câmara Municipal de Leiria, a realização de diversas reuniões com membros dos órgãos autárquicos e com o Conselho Municipal da Cultura, concluindo-se o processo com a respetiva apresentação à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal, para aprovação.

Roupão Azul de Ana Paula Jardim é a obra vencedora do Prémio Literário Glória de Sant’Anna 2021


O Grupo de Acção Cultural de Válega e os filhos de Glória de Sant'Anna anunciaram hoje, dia 12 de Maio, a vencedora da 9.ª edição do Prémio Literário Glória de Sant’Anna, que desde 2012 premeia anualmente o melhor livro de poesia em língua portuguesa. Ana Paula Jardim «cativou e surpreendeu» o júri do prémio com a sua obra de estreia Roupão Azul, entre uma lista de oito finalistas onde constavam nomes como José Luís Peixoto e João Luís Barreto Guimarães. A autora irá receber o valor pecuniário de 3000 euros e uma gravura da poetisa homenageada pelo certame, da autoria de Rui Paes.
De título e assim vestido, Roupão Azul é feito e aconchega-se em memórias e saudade. Com uma linguagem poética que não teme a humildade das coisas concretas, Roupão Azul, obra de Ana Paula Jardim editada em Janeiro pela Guerra e Paz Editores, é a obra vencedora do Prémio Literário Glória de Sant’Anna 2021.

Segundo o comunicado da professora Otília Martins, em representação do grupo de jurados do galardão*, a obra escolhida «surpreendeu e cativou, pela voz, pela audácia, pela frescura da visão, pela limpidez da linguagem sem pretensões de inventar metáforas obscuras quando não arbitrárias».

Uma «autêntica revelação», confessa a jurada, «não como um primeiro livro de poesia, mas como uma indiscutível obra com peso próprio e uma visão nova, servida por uma linguagem firme, segura, magistralmente colada a uma prospecção impiedosa das relações humanas.»

Ana Paula Jardim que, após uma vida ligada à cultura e aos livros, se estreou, em Janeiro de 2021, com este Roupão Azul, recebeu esta inesperada distinção com «uma alegria profunda». A autora confessa que este prémio «tem um significado muito especial, porque dá voz e espaço a novos autores nesta área.» Uma amante de poesia que lamenta existirem «poucos leitores de poesia, vendem-se poucos livros, o que ainda realça mais o valor desta iniciativa.»

A autora agradeceu, ainda, ao escritor José Luís Peixoto, que prefacia Roupão Azul e que incentivou Ana Paula nesta viagem. «Sem ele, eu não estaria aqui». Curiosamente, Peixoto foi um dos oito finalistas desta edição do Prémio Literário Glória de Sant’Anna, com o seu livro Regresso a Casa.

Na lista figuram também Ascensão da Água, de Samuel F. Pimenta; Da Pele do Rosto / A Coisa do Tempo, de Francisco Guita Jr.; Movimento, de João Luís Barreto Guimarães; Obscura Anatólia, de José António Lozano; Para Não Dizer que Não Falei dos Equinócios, de Maria José Quintela.

Destacamos ainda a inclusão nesta lista de Observação da Gravidade, obra de estreia do jovem André Osório, que entusiasmou os leitores em Agosto de 2020. A obra editada pela Guerra e Paz Editores, procura uma ideia de biografia construída através de um movimento concêntrico, do exterior para o interior, o próprio tempo faz-se espaço e a gravidade que o fixa faz-se unidade e fragmento, dia e rotação.

Segundo a Grupo de Acção Cultural de Válega, do concelho de Ovar, que promove o galardão em colaboração com os filhos de Glória de Sant'Anna, poeta desaparecida em Junho de 2009, «a cerimónia de entrega do prémio não se realiza», devido às «exigências da pandemia». Será feito, em substituição, um vídeo, a publicar no dia 29 de Maio nas redes sociais dos organizadores, com as reacções a esta edição do Prémio.

A Guerra e Paz Editores felicita Ana Paula Jardim por esta merecida distinção que, acreditamos, lhe dará um importante impulso para o seu caminho literário. E felicita também André Osório, jovem poeta a quem auguramos um brilhante futuro.



*Esta 9.ª edição contou ainda com os jurados: Lassalete Borges, Ana Mafalda Leite, Otília Martins, Teresa Moure e Andrea Paes.

​Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz recebe concerto do Grupo de Música Contemporânea de Lisboa

 O Grupo de Música Contemporânea de Lisboa vai atuar no dia 21 de maio, às 19h, no Auditório Municipal de Reguengos de Monsaraz. O concerto intitula-se “Rio do Tempo – Novos Maestros” e é organizado pelo Município de Reguengos de Monsaraz.

O maestro reguenguense João Defeza vai dirigir os músicos Susana Teixeira (Mezzo-soprano), João Pereira Coutinho (Flauta), Luís Gomes (Clarinete), José Sá Machado (Violino), Ricardo Mateus (Viola), Jorge Sá Machado (Violoncelo), Inês Cavalheiro (Harpa), Dana Radu (Piano) e Fátima Juvandes (Percussão). O programa do concerto integra três obras de Jorge Peixinho, nomeadamente “Ulivi Aspri e Forti” (1982), “Sine nomine” (1987/88) e “A silenciosa rosa/Rio do tempo” (1994), assim como “Coração” (2015), de João Madureira, “Do Tempo” (2009), de Ana Seara e “Breve será dia” (1994), de Clotilde Rosa.

 

O Grupo de Música Contemporânea de Lisboa foi fundado em 1970 por Jorge Peixinho, com a colaboração de Clotilde Rosa, António Oliveira e Silva, Carlos Franco e António Reis Gomes, aos quais se juntaram José Lopes e Silva e outros instrumentistas e cantores. A sua discografia compreende obras de Jorge Peixinho, algumas dirigidas pelo próprio compositor, para além de numerosas criações de outros compositores. O grupo gravou também obras de compositores portugueses para a Tribuna Internacional de Compositores e participou em várias obras originais para teatro, cinema e multimédia, tendo sido distinguido com a medalha de Mérito Cultural, atribuída pela Secretaria de Estado da Cultura, como reconhecimento da sua atividade de divulgação da cultura musical contemporânea nacional e estrangeira.

 

De acordo com o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, “depois de um ano dedicado aos seus 50 anos de história e às efemérides evocativas de Jorge Peixinho e Clotilde Rosa, este ano apresentamos “Rio do Tempo”. Uma temporada de renovação da tradição musical contemporânea, qual fluidez do tempo, trazendo a herança até ao presente, revisitando as origens, sem, no entanto, deixar de construir pontes para a vanguarda da contemporaneidade”.


Município de Cantanhede aposta na conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal dos seus colaboradores

A Câmara Municipal de Cantanhede está a realizar um inquérito para avaliar as necessidades e expectativas dos seus colaboradores, no âmbito da NP 4552 – Sistema de Gestão da Conciliação (SGC) entre a Vida Profissional, Familiar e Pessoal.

O SGC visa fomentar a adoção de comportamentos que permitam aos trabalhadores conciliar da melhor forma possível essas três vertentes e aumentarem por essa via os níveis de satisfação e realização. Ainda que não exista uma norma europeia que regulamente esta matéria, a norma nacional NP 4552:2016 foi criada para guiar as organizações no sentido de se adaptarem às práticas familiarmente responsáveis, objetivo que a autarquia cantanhedense persegue, considerando-o um fator chave para o aumento da satisfação no local de trabalho.

Assim, o diagnóstico às necessidades e expectativas dos trabalhadores que está a ser realizado em todos os serviços é o primeiro passo no sentido de os mobilizar para o reconhecimento da conciliação entre a vida profissional, familiar e pessoal como fator que concorre também para a qualidade dos serviços prestados.

Um trabalhador que não usufruiu de um ambiente de trabalho favorável a esse equilíbrio acaba por ficar mais desmotivado e menos empenhado, o que se reflete negativamente na sua produtividade. Por isso, a Câmara Municipal de Cantanhede acredita que as novas práticas de incremento da qualidade de vida no local de trabalho terão um impacto bastante positivo nas dinâmicas organizacionais, deixando os colaboradores mais motivados e por isso mais dedicados às suas funções.

A aplicação da norma NP 4552:2016 visa encontrar pontos de consenso a respeito das pretensões de cada uma das partes interessadas da política da conciliação, consubstanciando-se como mecanismo de base para a autodisciplina da organização, nomeadamente na simplificação de processos e regulamentação de relativamente à vida profissional, familiar e pessoal. O que se pretende é fomentar o equilíbrio entre essas três dimensões para que o trabalhador invista em todo o seu potencial em benefício pessoal e da organização, através da utilização de ferramentas de gestão para as organizações implementarem medidas flexíveis nas práticas laborais, nos serviços, nos horários de trabalho, nos recursos humanos, no desenvolvimento pessoal e no apoio profissional e familiar.

A norma NP-4552 é aplicável a todos os serviços que compõem a estrutura organizacional da autarquia, procurando a participação do maior número possível de pessoas, direta ou indiretamente envolvidas na atividade dos serviços.

Figueiró dos Vinhos | 𝗠𝗔𝗜𝗦 𝗨𝗠 𝗘𝗦𝗖𝗔̂𝗡𝗗𝗔𝗟𝗢 | 𝗮 𝗰𝗮̂𝗺𝗮𝗿𝗮 𝗣𝗦 𝗲 𝗼 𝘀𝗲𝘂 𝗮𝗹𝗶𝗮𝗱𝗼 𝗠𝗙𝗶 𝗰𝗼𝗻𝗰𝗼𝗿𝗱𝗮𝗿𝗮𝗺 𝗲𝗺 (𝗽𝗲𝗿𝗱𝗼𝗮𝗿 = 𝗱𝗲𝗶𝘅𝗮𝗿 𝗱𝗲 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗲𝗿) 𝗱𝗮 𝗔𝗣𝗜𝗡 𝗮 𝘃𝗲𝗿𝗯𝗮 𝗱𝗲 𝟮𝟯𝟰.𝟯𝟲𝟮,𝟬𝟬 𝗲𝘂𝗿𝗼𝘀.

 𝗢 𝗣𝗦𝗗 𝘃𝗼𝘁𝗼𝘂 𝗰𝗼𝗻𝘁𝗿𝗮.

A história conta-se facilmente. Desde 1 janeiro de 2020 a 31 de janeiro de 2021 a APIN não conseguiu cumprir os serviços públicos de prestação de água, saneamento e resíduos a que estava obrigada e pediu á câmara para os fazer a troco de uma determinada quantia.
𝗖𝗵𝗲𝗴𝗮𝗱𝗮 𝗮 𝗮𝗹𝘁𝘂𝗿𝗮 𝗱𝗮 𝗔𝗣𝗜𝗡 𝗽𝗮𝗴𝗮𝗿 𝗮̀ 𝗰𝗮̂𝗺𝗮𝗿𝗮 𝗲𝘀𝘀𝗮 𝗾𝘂𝗮𝗻𝘁𝗶𝗮 (𝟮𝟯𝟰.𝟯𝟲𝟮,𝟬𝟬 𝗲𝘂𝗿𝗼𝘀) 𝗮 𝗔𝗣𝗜𝗡 𝗻𝗮̃𝗼 𝗼 𝗳𝗮𝘇 𝗲 𝗽𝗿𝗼𝗽𝗼̃𝗲 𝗮̀ 𝗰𝗮̂𝗺𝗮𝗿𝗮 𝘂𝗺𝗮 𝗮𝗹𝘁𝗲𝗿𝗻𝗮𝘁𝗶𝘃𝗮 𝗮𝗼 𝗽𝗮𝗴𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼: 𝗮 𝗿𝗲𝗮𝗹𝗶𝘇𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼 𝗱𝗲 𝗶𝗻𝘃𝗲𝘀𝘁𝗶𝗺𝗲𝗻𝘁𝗼𝘀 𝗮𝗱𝗶𝗰𝗶𝗼𝗻𝗮𝗶𝘀 𝗮 𝗳𝗮𝘃𝗼𝗿 𝗱𝗼 𝗠𝘂𝗻𝗶𝗰𝗶́𝗽𝗶𝗼 𝗱𝗲 𝘃𝗮𝗹𝗼𝗿 𝗲𝗾𝘂𝗶𝘃𝗮𝗹𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗮𝗼 𝗿𝗲𝘀𝗽𝗲𝘁𝗶𝘃𝗮𝗺𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗱𝗲𝘃𝗶𝗱𝗼.
E é aqui que o escândalo assume foros do inimaginável.
𝗘𝗻𝘁𝗮̃𝗼 𝗮 𝗰𝗮̂𝗺𝗮𝗿𝗮 𝘁𝗲𝗺 𝗱𝗶𝗿𝗲𝗶𝘁𝗼 𝗮 𝗿𝗲𝗰𝗲𝗯𝗲𝗿 𝟮𝟯𝟰.𝟯𝟲𝟮,𝟬𝟬 𝗲𝘂𝗿𝗼𝘀 𝗱𝗮 𝗔𝗣𝗜𝗡, 𝗺𝗮𝘀 𝗮 𝗔𝗣𝗜𝗡 𝗻𝗮̃𝗼 𝗾𝘂𝗲𝗿 𝗽𝗮𝗴𝗮𝗿 e, 𝗽𝗮𝘀𝗺𝗲-𝘀𝗲, 𝗼 𝗣𝗦 𝗲 𝗼 𝗠𝗙𝗶 𝗰𝗼𝗻𝗰𝗼𝗿𝗱𝗮𝗺 e aprovam.
Isto é. Dito de uma de uma forma simples e clara para que todos percebam PS e MFi dizem: concordamos com o que nos pedem, não queremos o dinheiro, fiquem lá com ele e gastem-no em mais “umas coisas” no concelho.
Então é assim!? 𝗔 𝗖𝗮̂𝗺𝗮𝗿𝗮 𝘁𝗲𝗺 𝗮𝘀𝘀𝗶𝗺 𝘁𝗮𝗻𝘁𝗼 𝗱𝗶𝗻𝗵𝗲𝗶𝗿𝗼 𝗾𝘂𝗲 𝗽𝗼𝘀𝘀𝗮 𝗱𝗶𝘀𝗽𝗲𝗻𝘀𝗮𝗿 𝗺𝗮𝗶𝘀 𝗱𝗲 𝗱𝘂𝗮𝘀 𝗰𝗲𝗻𝘁𝗲𝗻𝗮𝘀 𝗱𝗲 𝗺𝗶𝗹𝗵𝗮𝗿𝗲𝘀 𝗱𝗲 𝗲𝘂𝗿𝗼𝘀!?
𝗦𝗲𝗿𝗮́ 𝗾𝘂𝗲 𝗲𝘀𝘁𝗲 𝗱𝗶𝗻𝗵𝗲𝗶𝗿𝗼 (que a câmara não quer receber) 𝗻𝗮̃𝗼 𝘀𝗲𝗿𝗶𝗮 𝗺𝗲𝗹𝗵𝗼𝗿 𝗮𝗽𝗹𝗶𝗰𝗮𝗱𝗼 na promoção e captação de novos investidores e novas empresas que criariam novos postos de trabalho e mais emprego, que é o que Figueiró tanto precisa?

Enquanto a Câmara prescinde de receber esse dinheiro os Figueiroenses pagam à APIN faturas com valores brutais e algumas vezes duas por mês.

Já sabemos que depois disto vem aí a cartilha e a claque do costume embrulhada nos ataques pessoais e rasteiros a dizer que não é assim. Mas é.

𝗩𝗮𝗹𝗲 𝗮 𝗽𝗲𝗻𝗮 𝗹𝗲𝗿 𝗻𝗮 𝗶́𝗻𝘁𝗲𝗴𝗿𝗮 𝗮 𝗱𝗲𝗰𝗹𝗮𝗿𝗮𝗰̧𝗮̃𝗼 𝗱𝗲 𝘃𝗼𝘁𝗼 𝗱𝗼 𝗣𝗦𝗗 AQUI



Figueiró dos Vinhos | 𝗔𝗝𝗨𝗦𝗧𝗘𝗦 𝗗𝗜𝗥𝗘𝗧𝗢𝗦 da câmara municipal alvo de interpelação pelo PSD, na reunião de câmara de hoje.

 Só este ano são já 23 os ajustes diretos, 6 as consultas prévias e apenas 2 os concursos públicos realizados pela câmara.

Sabemos que são legalmente permitidos e que são rápidos, mas entendemos que este avolumar de ajustes diretos e consultas prévias , que se estendem também por anos anteriores, não podem deixar de nos causar alguma preocupação.

A este propósito partilhamos da opinião do Professor Pedro Costa Gonçalves, da Universidade de Coimbra que pode ler AQUI

Ao PSD cabe conhecer e exercer o seu mandato de fiscalização enquanto oposição e é nesse quadro de transparência que nos colocamos e que solicitámos o conhecimento e a informação relevante quanto a estas intervenções de ajustes diretos e consultas prévias realizadas pelo Município de Figueiró dos Vinhos durante este mandato.
Mais uma vez PS e o seu aliado MFi reagiram em claque, quiçá preocupados pelo receio que lhe façamos sombra e lhes apontemos o que fizeram de menos bem. Felizmente que a nossa postura é outra e não fomos “na onda” para onde nos queriam puxar.
Leia a intervenção completa AQUI

𝗡𝗼𝘁𝗮: No ajuste direto a entidade adjudicante (câmara municipal) convida diretamente uma entidade (empresa) à sua escolha para que esta apresente uma proposta.
Na consulta prévia a entidade adjudicante (câmara municipal) convida diretamente, pelo menos, três entidades (empresas) à sua escolha a apresentar proposta.
No concurso público não há convites. Quem quiser pode concorrer.

Câmara de Águeda distinguida pelo Plano de Comunicação no Desporto e Atividade Física

O melhor Plano de Comunicação do ano 2021 foi atribuído a Águeda, na categoria dos Municípios entre 10 e 50 mil habitantes.

A Câmara Municipal de Águeda acaba de ser distinguida como tendo o melhor Plano de Comunicação no Desporto e Atividade Física, entre as 130 autarquias que fazem parte do programa Municípios Amigos do Desporto (MAD). O galardão, atribuído pela Plataforma Cidade Social, destaca a forma como a Câmara de Águeda comunica e divulga as boas práticas implementadas no âmbito da programação e atividade desportiva em todo o Concelho.

O Melhor Plano de Comunicação do ano 2021, nos Municípios entre 10 e 50 mil habitantes, foi assim atribuído à Câmara de Águeda, numa votação que foi realizada pelas autarquias membros do MAD e que reconhecem, deste modo, o trabalho realizado por Águeda nesta área de intervenção.

“Este prémio é o reconhecimento público da dinâmica que o Município de Águeda assume na promoção de políticas e atividades desportivas para todos, numa estratégia que visa cativar a adesão da população às várias iniciativas programadas e aumentar a prática de atividade física e desportiva no Concelho”, disse Edson Santos, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Águeda.

Este galardão junta-se a outros dois que a Cidade Social atribuiu no final do ano passado, distinguindo o Município de Águeda pela sua atuação na área do Desporto, em altura de pandemia e apesar dos constrangimentos provocados pela situação epidemiológica, designadamente o primeiro lugar na “Presença Digital no Desporto do ano 2020” e o segundo lugar na “Intervenção Covid-19 no Desporto do ano 2020”.

Esta programação, que tem como slogan “Desporto é Vida”, é desenvolvida ao longo de todo o ano, nos vários equipamentos desportivos municipais e em articulação com as associações e coletividades do concelho, pelo que Edson Santos frisa que estes galardões “premeiam o empenho e dedicação de todas as associações desportivas, dos seus dirigentes e atletas”.

O prémio agora atribuído, o Plano de Comunicação do ano 2021, reconhece o trabalho de promoção e divulgação da programação municipal na área do Desporto, através dos vários canais de que a Autarquia dispõe: site (Câmara Municipal e Águeda TV), redes sociais (facebook institucional, do ÁguedaTV, do Centro Municipal de Marcha e Corrida e do Águeda Bike Park, bem como instagram e youtube), Aplicações (Plataforma Cityfy, Walking Águeda, Umbrella Sky 360º, BeAgueda), meios promocionais (mupis, outdoors, tomi, cartazes, flyers, etc.) ou ainda através de Notas de Imprensa e de uma newsletter de Desporto de periodicidade trimestral.

A Câmara de Águeda desenvolve ainda um trabalho de parceria com os vários organismos associativos do concelho, disponibilizando, na Plataforma Associativismo (http://associativismo.cm-agueda.pt/), informações relevantes e avisos direcionados para o tecido associativo concelhio, para além de que através desta ferramenta digital as associações podem formalizar as suas candidaturas a apoios.

 

Boa execução de fundos vale prémio de 787 mil euros ao Município de Leiria


O Município de Leiria recebeu um reforço de comparticipação do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) de 787.641,47 €, em resultado de uma avaliação positiva relativamente à implementação da estratégia do Plano de Ação de Regeneração Urbana (PEDU).

Este prémio permite não só o aumento da taxa de comparticipação de projetos já candidatados, como a apresentação de novas intervenções, desde que cumpridos os requisitos estabelecidos no Programa Operacional.

Com este prémio financeiro o valor total dos fundos comunitários alocados ao PEDU ascende a 16.352.641,47 €.

Recorda-se que o PEDU não é a única linha de financiamento comunitário acessível ao Município de Leiria.

No âmbito do atual quadro comunitário, o Município de Leiria submeteu 57 candidaturas a fundos comunitários, envolvendo um valor comparticipado de cerca de 45.000.000 €.




Câmara de Águeda amplia sistema de monitorização do trânsito da cidade

 Implementação dos novos pontos de monitorização foi efetuada na Rua dos Industriais e na Rua Dr. Mateus Barbas dos Anjos

A Câmara Municipal de Águeda ampliou o sistema de monitorização do trânsito da cidade, sendo que os novos pontos de recolha de informação estão localizados na Rua dos Industriais e na Rua Dr. Mateus Barbas dos Anjos.

Este sistema recorre à utilização de radares fixos, com autonomia energética. A informação recolhida permite entender as dinâmicas padrão resultantes das atividades económicas e sociais do Município e da região, bem como perceber o impacto de eventos ou anomalias (ex: período de confinamento) no tráfego e nas rotinas comunitárias.

Todos os dados obtidos são disponibilizados ao público através da Plataforma de Dados Abertos de Águeda (https://ckan.sig.cm-agueda.pt) e são passíveis de serem reutilizados por outras instituições, empresas ou entidades privadas interessadas em estudar ou integrar os mesmos em aplicações diversas.

Entre a informação que é possível obter está: número de veículos por hora; informação da hora de ponta e possibilidade de adaptação dos gráficos para análise de diferentes períodos; percentagem de tipos de veículos, por período temporal; valores de tráfego por dia da semana; velocidades máximas lidas e percentagem de violações às regras de trânsito consideradas para cada via.

Toda a informação proveniente deste sistema de monitorização pode ser consultada em:

 

Fábrica Centro Ciência Viva dedica fim de semana aos Cientistas e ao tema Luz


Para celebrar o Dia Nacional dos Cientistas e o Dia Internacional da Luz, a Fábrica Centro Ciência Viva de Aveiro preparou um fim de semana inteiro dedicado aos Cientistas e ao tema Luz. A 15 e 16 de maio, as famílias podem contar com um programa de atividades para todas as idades, que envolve workshops, laboratórios, uma história com ciência e um show de ciência.

Estes dias pretendem evidenciar o trabalho dos cientistas e a importância da Luz no desenvolvimento da sociedade e nas suas variadas aplicações, tais como na ciência, cultura, arte, educação, medicina, comunicações e energia.

A Fábrica Centro Ciência Viva associa-se a esta dupla celebração com um programa de atividades que envolvem várias áreas da ciência. Os participantes vão poder fazer o seu holograma no HoloLab – Laboratório de Holografia da Fábrica; explorar o funcionamento de sensores de luz na Oficina dos Robôs; descobrir os diferentes tipos de radiação do Sol e os seus efeitos sobre a pele enquanto elaboram um protetor solar; explorar o mundo da eletrónica com um dinossauro muito especial; e ouvir uma história com ciência. Miúdos e graúdos são ainda convidados a assistir ao show de ciência “Física Viva” e a surpreenderem-se com a Física que nos rodeia.

Mais detalhes sobre este programa estão disponíveis aqui. Já o programa completo com todas as iniciativas desta celebração internacional pode ser consultado na página oficial do International Day of Light.

#LightDay2021 #TrustScience

Câmara Municipal de Aveiro: Feriado Municipal 2021 com Mensagem do Senhor Presidente da Câmara Municipal

 

Exmos(as) Senhores(as)

A comemoração do Feriado Municipal de 2021, nesta quarta-feira dia 12 de maio, tem um sabor muito especial à Vida, pelo caminho que percorremos desde a última vez que nos encontrámos em sessão solene evocativa há exatamente dois anos.

Não nos encontramos nos Paços do Concelho, na Praça que sendo do Município evoca a República, porque as regras que temos de cumprir para continuarmos a fazer bem o Combate à Covid-19, nos determinam a opção por um espaço maior, e por isso aqui estamos no Grande Auditório do Centro de Congressos de Aveiro.

Quero agradecer ao Diretor do Agrupamento de Escolas de Aveiro, a homenagem ao Nosso Município de Aveiro pela colocação de Bandeiras com o Brasão que hoje daqui honramos, recebendo essa energia da aposta em darmos uma vida nova àquele edifício onde queremos instalar os Serviços da Câmara Municipal de Aveiro, integrando um expressivo memorial à Escola e ao seu Patrono, e dando um edifício novo ao Ministério da Educação para termos uma Escola Secundária Homem Cristo como os seus Alunos, Professores e Pessoal Não Docente merecem, com todas as boas condições que a modernidade nos propicia e exige nos edifícios e nos seus espaços verdes, de recreio e de desporto.

A festa que fazemos hoje e neste mês de maio de 2021, comemora a Nossa História honrando o passado, exorta à mobilização de mais coragem e energias positivas no Presente, de forma a construirmos um Futuro Melhor a cada dia que vamos tendo o privilégio de receber.

Quero agradecer a Todos quantos inspiram, organizam e vivem esta Festa, colocando em primeiro lugar os Cidadãos Aveirenses e referenciando a Nossa Padroeira Santa Joana, na certeza que vamos continuar a trabalhar para sermos uma Terra mais Próspera, mais Solidária e propiciadora de mais Qualidade de Vida e Felicidade para Todos.

Na História, queremos mudar radicalmente o rumo do património que o Governo do País mantém num vergonhoso abandono, prosseguindo a Luta de darmos vida nova e útil aos terrenos da antiga Lota de Aveiro, do antigo Colégio Alberto Souto (que nos últimos meses foi alvo de um extenso vandalismo destruidor do interior dos edifícios), ao antigo Centro de Saúde Mental de São Bernardo, entre outros, que prosseguem o seu caminho de ruína e de lixo urbano em nome do egoísmo do Estado Central agarrado à sua incompetência. Continuamos a lutar para que sejam entregues à Câmara Municipal de Aveiro para neles realizarmos avultados investimentos e os colocarmos ao serviço das Pessoas.

No Presente, vamos continuar a trabalhar com toda a intensidade no cumprimento dos compromissos assumidos com os Aveirenses, com Educação e Cultura, com Obras e Eventos, com Apoio Social a quem verdadeiramente precisa, com parceria com os Agentes Económicos que apostam na recuperação das perdas da crise provocada pela Pandemia, e no seu crescimento futuro.

Vivemos em 2020 um ano híper-intenso, assinalando hoje, ao quinto mês do ano 2021, as performances alcançadas, das quais tenho de salientar as três mais relevantes.

A recuperação financeira da Câmara Municipal de Aveiro, que em 2013 tinha um rácio entre a dívida total e a receita corrente de 3,4 e que a 31 de dezembro de 2020 atingiu o valor de 1,4, uma fantástica recuperação em que a dívida total passou de 150 milhões de euros para 78,8 milhões de euros, instalando a prática de uma Câmara cumpridora com todos, pagando todas as contas bem antes de terminar o prazo contratual.

Em segundo lugar, o desenvolvimento de um conjunto vasto de investimentos, por todo o Município e de muitas tipologias, com projetos, concursos e obras que valem hoje cerca de 100 milhões de euros e estão mesmo a dar mais qualidade de vida a todos, agradecendo aos Aveirenses a boa gestão que nos têm ajudado a fazer dos incómodos provocados pelas obras, constatando-se cada vez mais as vantagens enormes dos investimentos que estamos a concretizar: felizes os incomodados por uma obra, é sinal que ela se está a realizar, a bem de todos.

Em terceiro lugar, o Combate à Pandemia da Covid-19, a perturbação grave que vivemos na vida de Todos e que veio retirar a vida a muitas pessoas para quem sempre elevamos a nossa Oração apresentando Pêsames aos seus Familiares e Amigos. Foi uma nova frente aberta em março de 2020, que tivemos de assumir com toda a determinação em especial nos momentos mais difíceis, e para a qual dirigimos de forma determinada todos os recursos necessários, ao nível institucional e político, financeiro e logístico, sempre em Parceria com instituições públicas e privadas, deixando aqui uma palavra especial para a Delegação de Saúde de Aveiro e o Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Vouga, o Centro Hospitalar do Baixo Vouga, a Universidade de Aveiro, a Misericórdia e as IPSS do Município em especial as gestoras de Lares de Idosos, Empresas e Voluntários que prestaram relevantes Ajudas, entre outras entidades.

Na conta final deste último ano fica uma Câmara Municipal recuperada e competente em termos de organização, de finanças e de plena autonomia, com uma dimensão de investimentos concretizados e em curso, muito grande e importante para a vida das Pessoas, e um Combate à Pandemia ativo e atento com forte apoio à atividade social e económica.

Queridas Cidadãs e Caros Cidadãos

Na Vida da Nossa Terra ficam a cada dia os contributos dos Obreiros, dos que partilham energia positiva e trabalho, para que a Comunidade cresça de forma sustentável e segura.

É nesse grupo grande de Gente que encontramos a vida cheia de contributos relevantes na área da Ação Social do Lacerda Pais e da Isménia Franco, na área da Educação do Carlos Magalhães, nas Artes da Fatinha Ramos, no Ensino Superior e na Investigação da Susana Sargento, e na vida Empresarial e Autárquica do Nosso Saudoso Amigo Antero Santos que partiu sem nos avisar.

Agradecemos a Todos a partilha de vida e de energia, reconhecemos com a formalidade da Distinção Honorífica Municipal os seus contributos para a valorização do Município de Aveiro e da Vida de Muita Gente, numa caminhada que vamos continuar a fazer porque Estamos Juntos e queremos Mais e Melhor para a Nossa Terra.

O Lacerda Pais e a Isménia Franco são exemplos do serviço voluntário nas causas da Ação Social, tão importante todos os dias e radicalmente relevante em tempos de Pandemia, liderando duas das instituições mais fustigadas pela Pandemia, sempre com a alegria de servir e a responsabilidade ativa de ser Parceiro, sendo também o Lacerda Pais um dirigente associativo com responsabilidades a nível regional e nacional e a Isménia Franco uma ativista da nobre causa das honras a São Gonçalinho.

A cooperação da Câmara Municipal de Aveiro com as Associações da área Social bateu todos os records em 2020 e 2021, atingindo 800.000 euros em 2020 e mais de 900.000 em 2021, realçando a importância do seu contributo para a coesão social no Município de Aveiro, sabendo que estamos todos apostados em ter uma Rede Social mais forte para exercermos bem as novas competência que vamos receber em abril de 2022.

O Carlos Magalhães é um exemplo relevante de serviço público na capital área da Educação, atento, ativo e zeloso, numa vida cheia de contributos na valorização das Nossas Crianças e Jovens, liderando equipas de Profissionais de Educação que diariamente entregam a sua energia à Comunidade.

Num tempo em que a Câmara Municipal de Aveiro vive o seu primeiro ano de exercício das novas competências na área da Educação, com assinalável sucesso e investindo do seu orçamento um milhão de euros mais do que recebe o Ministério da Educação, por opção de investimento em fazer Mais e Melhor, reiteramos a nossa aposta prioritária na Educação, nas políticas imateriais e materiais, destacando nesta as operações que temos em desenvolvimento ao nível do Pré-Escolar e do 1º Ciclo: as três obras de Azurva, Quintã do Loureiro e Póvoa do Paço em Cacia, os seis concursos de obra de Nª Sra de Fátima, Eixo, Bonsucesso, Barrocas, Solposto e Areais em Santa Joana, e um projeto em Esgueira, num investimento total superior a 20 milhões de euros.

A Susana Sargento é um excelente exemplo da Academia ativa que Aveiro tem, da capacidade técnica e tecnológica de fazer e de inovar, agradecendo e estimulando a sua participação empenhada nos projetos que a Câmara Municipal de Aveiro e a Entidades Parceiras têm em desenvolvimento.

Quero neste âmbito fazer uma referência de realce e de distinção à Nossa Universidade de Aveiro e ao Instituto das Telecomunicações, parceiros ativos do projeto Aveiro STEAM City que temos em desenvolvimento com reconhecimento internacional importante como aconteceu recentemente pela Universidade Americana de Harvard, no âmbito do ação Municipal a que chamamos Aveiro Tech City, deixando também nota de registo e agradecimento aos nossos Parceiros, Altice Labs, Inovaria e CEDES.

A Fatinha Ramos aqui representada pelos seus Pais e muito presente neste nosso momento embora fisicamente a trabalhar hoje em Madrid, é uma referência Europeia e Mundial nas artes da ilustração entre outras formas de Cultura, exemplo expressivo da Aveirense do Mundo, do contributo de Aveiro para Mais Europa.

É também nesse âmbito que a Fatinha Ramos tem o papel de ser mais uma importante ponta-de-lança no processo da Candidatura de Aveiro a Capital Europeia da Cultura 2027 que temos em franco desenvolvimento.

A Cultura é uma aposta capital da Câmara Municipal de Aveiro e da rica Rede de Agentes Culturais que temos no Nosso Município, e o trabalho de desenvolvimento da oferta cultural, embora perturbado pela Pandemia vai sendo progressivamente retomado, como marca distintiva e promotora de uma Terra distinta e de uma sociedade mais inclusiva. Cultura, Ambiente, Tecnologia e Alma Aveirense, são os quatro pilares da Candidatura da Cidade, Município e Região de Aveiro, que vamos continuar a desenvolver com todo o empenho e intenso trabalho de equipa.

As Pessoas da Nossa Vida que são Obreiras da Comunidade na Equipa prestadora de serviço público que somos, e que partem para outra dimensão da vida sem nos avisarem, deixando-nos mais pobres, são uma presença muito forte que personalizamos no Antero Santos, Empresário, Autarca, Presidente e Amigo, a quem queremos deixar um sentido e formal Muito Obrigado por todo o muito que connosco construiu, nomeadamente nas suas funções de Presidente da Junta de Freguesia de Nª Sra de Fátima e da União de Freguesias de Requeixo, Nª Sra de Fátima e Nariz.

Quero aqui deixar uma palavra de reconhecimento, agradecimento e estímulo ao Presidente Miguel Silva, que assumiu com determinação, lealdade e qualidade relevante, a difícil tarefa de suceder ao Presidente Antero Santos, assumindo devidamente a honra ao legado de que hoje é líder na gestão desta Junta da União de Freguesias.

A Câmara Municipal de Aveiro tem uma ativa e intensa política de cooperação com as Juntas de Freguesia, num processo expressivo em termos institucionais e financeiros, com um relevante empenho de todos, tratando as dez Juntas de Freguesia do Município por igual, sem utilizar qualquer fator de discriminação, nomeadamente de natureza político-partidária, assumindo de forma exemplar uma prática de gestão descentralizada e responsável parceria.

No Município de Aveiro o motor principal do seu desenvolvimento, da geração de riqueza e de emprego, são as Empresas privadas, a cujos Empresários e Trabalhadores quero deixar uma palavra de agradecimento e de estímulo para continuarmos a crescer em todas as áreas da atividade económica, do Turismo à Indústria, do Comércio aos Serviços, do Artesanato à Construção Civil, em relação à qual quero hoje anunciar o evento que vamos realizar no próximo dia 24 de maio, de apresentação de um grande investimento privado que vai contar com o apoio da Câmara Municipal de Aveiro: uma urbanização de quase 300 fogos em regime de Habitação a Custos Controlados, e que amanhã mesmo inicia a consulta pública formal do seu processo de licenciamento.

Antes das minhas palavras finais, quero partilhar o convite de estarmos Juntos ao final da tarde, às 19.00 horas, num momento simples e muito expressivo, colocando na rede viária da Cidade Nascente de Aveiro, o topónimo de D. António Francisco dos Santos, Bispo de Aveiro, na mais nova das Avenidas da Nossa Cidade, em gesto de agradecimento e reconhecimento pela sua vida notável e pelo seu marcante Ser Aveirense, fazendo-o ao lado da expressiva obra dos Arcanjos de Paulo Neves, numa operação de ligação entre a Arte Nova de Silva Rocha, a Arte Ousada de Vasco Branco e a Obra Pioneira de Girão Pereira de abertura da Cidade para lá da Linha do Comboio, num eixo muito simbólico e expressivo de União entre a Terra, o Céu e a Vida.

Quero terminar com uma Saudação e um Agradecimento.

Uma Saudação de Bom Dia de Feriado Municipal, com um Bem Haja e um Abraço, às Pessoas aqui presentes, a quem nos acompanha pelas redes sociais e a todos os Cidadãos do Município de Aveiro, num gesto de reconhecimento e estímulo para a Comunidade viva e solidária que somos, determinados em sermos cada vez melhores.

Um Agradecimento a todos os Cidadãos, aos Funcionários Municipais, às Entidades Públicas e Privadas Parceiras, aos Dirigentes Associativos, aos Empresários, aos Autarcas Municipais e de Freguesia, todo o apoio, trabalho, energia e confiança partilhada neste ano de caminhada muito difícil, intensa e realizadora.

Vamos Continuar a Festa do Feriado Municipal de Aveiro, comemorando a Vida e a Obra que somos capazes de fazer, para sermos, como vamos continuar a ser, Obreiros de Mais e Melhor pela Nossa Terra.

Contamos convosco, saibam que sempre contam connosco.

Bem Hajam.

Viva o Município de Aveiro.

José Ribau Esteves

Presidente da Câmara Municipal de Aveiro