quinta-feira, 25 de março de 2021

Portalegre | Doação de sangue 2021 começa em Alter


Devido à prevenção de propagação de casos de Covid 19, têm estado suspensas, desde novembro último, as brigadas promovidas pela Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre – ADBSP. Mas felizmente que voltámos a estar juntos dos nossos dadores nas respetivas terras, cumprindo as recomendações que este singular tempo impõe. E a primeira colheita 2021, com o apoio do banco de sangue da ULSNA, teve lugar em Alter do Chão.

No centro de saúde local inscreveram-se 33 pessoas, das quais 15 mulheres (45,5 %). Mas mais pessoas rumaram ali e uma vez avisadas em termos de restrições levantadas devido ao Covid (como contactos recentes ou aspetos ligados à imunidade) optaram por nem serem triados.

Uma vez avaliados os presentes e por razões clínicas, alguns não puderam estender o braço. Mas sempre foram 27 as unidades de sangue total orgulhosamente angariadas.

Doaram pela primeira vez sangue quatro voluntários, o que é de se sublinhar e aplaudir.

27 de março em Arronches
Previstas estão as seguintes colheitas: em Arronches, a 27 de março, nas instalações do Rancho Folclórico; em Sousel, a 17 de abril, no centro de saúde. Sábados e na parte da manhã.
Mais do que nunca incentivamos à dádiva de sangue. Mais fotos e noticias em:

JR

Proença-a-Nova | Viveiro Municipal bate recorde de recolha de resíduos

Troque Resíduos por plantas realiza-se há 10 anos
No ano em que assinala 10 edições, a campanha Troque Resíduos por Plantas, que se realizou a 22 e 23 de março no Viveiro Municipal de Proença-a-Nova, volta a ser um sucesso, desta vez batendo o recorde de recolha de resíduos, nomeadamente pilhas e baterias: 32 munícipes entregaram 7200 pilhas/baterias, 47 telemóveis, 91 tinteiros, 61 carregadores e 56 pequenos aparelhos eletrónicos. Em troca, levaram um total de 280 plantas, destacando-se o medronheiro (174), o restante entre carvalhos (66) e folhados (40).

A campanha “Troque resíduos por plantas” realiza-se há 10 anos, reforçando a sensibilização da população do concelho com vista a evitar a disseminação de poluentes na natureza. A iniciativa estava marcada inicialmente para dia 22 de março, comemorando a chegada da primavera, o dia mundial da árvore e das florestas, mas devido ao elevado número de inscrições, sujeitas a marcação prévia e com entrega ao postigo, foi alargada para dia 23. Em outubro realiza-se mais uma edição que tem como objetivo principal alertar para a necessidade de reciclar objetos compostos por metais pesados (como é o caso das pilhas e das baterias que não devem ser colocados no lixo comum já que podem demorar até 500 anos a degradar-se) e promover a entrega destes produtos, recebendo um incentivo em forma de árvores e arbustos.


Proença-a-Nova | 1ª Edição da Corrida Virtual de Primavera conta com quase uma centena de participantes

O início da Primavera e a promoção do exercício físico foram o mote para o Município de Proença-a-Nova organizar a 1ª edição da Corrida Virtual de Primavera, que contou com quase uma centena de participantes nacionais e internacionais. Embora sem classificação nem prémios, o objetivo principal era incentivar os atletas (federados ou não) a manterem os treinos em tempos de pandemia, abrindo a possibilidade de participar a partir de qualquer ponto do país e até do mundo, nos dias 20 ou 21 de março, num percurso à escolha. Entre os 96 participantes, a corrida contou com atletas que realizaram a prova no Brasil. O escalão com mais inscritos foi o de + 17 anos, com 51 pessoas inscritas para os 10 quilómetros e 28 nos 5 quilómetros.

As corridas virtuais vieram para ficar tendo em conta a pandemia da Covid-19 que, pelo segundo ano, obrigou ao cancelamento das habituais provas de atletismo organizadas pelo Município, nomeadamente o Grande Prémio da Cortiçada e a Corrida das Cerejas. O Grupo de Desporto tem trabalhado para que as pessoas não deixem de praticar exercício físico, por exemplo, com as aulas online em direto no Facebook todas as segundas e quintas feiras, às 19h, para quem quiser manter-se ativo sem sair de casa e também têm sido distribuídos pelos alunos da ginástica sénior folhetos explicativos com diferentes exercícios para fazer em casa.

ALGOZ E SÃO MARCOS DA SERRA VÃO TER ÁREAS DE REABILITAÇÃO URBANA

Sessões públicas de apresentação têm lugar no início de abril
No âmbito da delimitação das Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) de Algoz e de São Marcos da Serra, o Município de Silves irá promover duas sessões de apresentação a realizar nos próximos dias 5 e 9 de abril, pelas 21h00, respetivamente, no pavilhão Desportivo da EB 2,3 do Algoz e no Polo de Educação ao Longo da Vida de São Marcos da Serra. Esta iniciativa integra a estratégia municipal de reabilitação urbana, empenhada e comprometida com o desenvolvimento local que tem vindo a ser dinamizada pela autarquia.
Neste contexto - e atendendo a que as ARU correspondem a áreas delimitadas que apresentam, do ponto de vista do seu edificado, malha, infraestruturas e equipamentos, necessidade de uma intervenção de requalificação, regeneração e revitalização, por meio de iniciativas públicas e privadas -, importa salientar a importância da sua delimitação, atendendo a que, através deste procedimento, são identificadas áreas onde o Município de Silves pretende intervir e/ou apoiar intervenções, de forma integrada e com resultados concretos na melhoria da qualidade de vida, do ambiente urbano, do dinamismo económico e social, da valorização do património e na promoção da coesão social. A delimitação das ARU assume-se, assim, como um mecanismo para estimular a mudança do paradigma da nova construção para o da regeneração e reabilitação urbana, pretendendo-se valorizar o espaço urbano e o seu património edificado, ao mesmo tempo que se revitaliza o tecido económico e social local.

De referir que até ao momento o Município de Silves já promoveu a delimitação de três Áreas de Reabilitação Urbana, localizadas, respetivamente, em Silves, Alcantarilha e São Bartolomeu de Messines.

Ansião | Posto de vacinação está já em funcionamento


O Município de Ansião instalou um posto de vacinação no Centro de Negócios que entrou hoje em funcionamento.

O espaço amplo da sala corporate, a facilidade no acesso e a sua localização, permitiram a criação das condições ideais para o processo de vacinação, que se iniciou no concelho nos centros de saúde de Avelar e Santiago da Guarda.

Equipado com um gabinete médico, dois gabinetes de vacinação, um gabinete de preparação, uma sala de emergência e vários espaços de espera, e contando com uma equipa composta por um médico, três enfermeiras e uma administrativa do Centro de Saúde de Ansião e uma assistente operacional do município, acompanhados pela Delegada de Saúde local e pela Coordenadora Municipal da Proteção Civil, o posto tem capacidade para administrar 24 vacinas por hora.

Nesta fase está a concluir-se a vacinação de pessoas com oitenta ou mais anos, sendo que todas as que se encontram na faixa dos 50 aos 75 anos com patologias consideradas prioritárias já se encontram vacinadas, salvo exceções que se prendem com razões várias. Serão vacinados também os profissionais de saúde não integrados no Sistema Nacional de Saúde, como profissionais de farmácias, clínicas dentárias e laboratórios de análises clínicas.

Ainda esta semana será vacinado o pessoal docente e não docente dos estabelecimentos da educação pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico do Agrupamento de Escolas de Ansião, estando o pessoal do ensino particular dependente de orientações da tutela.

O Presidente da Câmara Municipal visitou as instalações acompanhado por representantes dos Bombeiros Voluntários e da Guarda Nacional Republicana de Ansião, com o intuito de dar a conhecer o modo de funcionamento do posto e de avaliar eventuais necessidades de intervenção destes agentes da proteção civil, garantindo que o processo de vacinação decorra conforme esperado.

CÂMARA MUNICIPAL DE AVEIRO E GRUPO ETE APRESENTAM 1º FERRYBOAT ELÉTRICO DE PORTUGAL

Para o Presidente da Câmara Municipal de Aveiro (CMA) “é muito relevante o facto de o 1.º Ferryboat Elétrico a operar em Portugal e na Europa do Sul acontecer na Região de Aveiro. É sintomático do que estamos a realizar na Região e no Município, conjugando as potencialidades Culturais e Ambientais da Ria de Aveiro com a Tecnologia. Há muito tempo que vamos afirmando que a nossa estratégia tem nos pilares do Ambiente e da Cultura um eixo fundamental da nossa ação, com a ajuda fundamental que a iniciativa Aveiro Tech City veio trazer. Na CMA continuamos o nosso trabalho de contributo para redução da pegada ecológica, que terá no novo ferryboat mais um instrumento, a somar aos 27 moliceiros com motores elétricos”, afirmou.

“Importa, no entanto, sublinhar que o novo Ferryboat Elétrico vem em primeiro lugar, dar a garantia de mobilidade e igualdade de oportunidades para os nossos Cidadãos de São Jacinto e só por isso, este é um investimento que vale cada cêntimo que nele depositamos” concluiu Ribau Esteves.

 


Já Luís Figueiredo, Acionista e Administrador do GRUPO ETE, afirmou que “A construção e a exploração do 1º ferryboat elétrico de Portugal, posiciona-nos na vanguarda da engenharia, permitindo-nos dar resposta a um desafio pioneiro na área da mobilidade. Pelas suas características que representam um impacto ambiental positivo para a Região e Ria de Aveiro, estamos certos, que este projeto será apenas o 1º passo de um caminho que alavancará o mercado da mobilidade elétrica e da preocupação crescente com a sustentabilidade.


Acrescentou ainda que” é um projeto, que para além de desafiante, demonstra aquele que sempre foi o compromisso do Grupo ETE para com o País, e em particular com a Região de Aveiro, onde estamos presentes há mais de 30 anos.”

 

Teve hoje lugar, nos Estaleiros da Navaltagus, no Seixal, a apresentação pública do novo projeto de construção do primeiro ferryboat elétrico 100% português. A embarcação, que integrará a operação Aveirobus, será construída pelo Grupo ETE para a CMA num investimento da Autarquia de 7.326.490,13€.

A sessão de apresentação, que contou com a presença do Presidente da CMA, José Ribau Esteves, e do Acionista e Administrador do Grupo ETE, Luís Figueiredo, marca o início oficial desta parceria entre as duas entidades que terá um enorme impacto a nível ambiental e económico na região de Aveiro.

O novo ferryboat 100% elétrico é a primeira embarcação com esta característica a ser desenvolvido inteiramente em Portugal, por marcas nacionais, e para servir uma região portuguesa. A assegurar a travessia entre São Jacinto e o forte da Barra, o novo ferryboat com zero emissões de CO2 permitirá a redução da emissão das de 300 toneladas de CO2 libertadas pelo atual modelo, reduzindo igualmente em cerca de 30 por cento o consumo energético. Aos baixos níveis de ruído e ao conforto para os passageiros introduzidos por esta embarcação alia-se ainda a capacidade reforçada para o transporte de viaturas (+ 30%) e de passageiros (+ 90%).

Este projeto pioneiro, junta-se a outras iniciativas sustentáveis de mobilidade levadas a cabo pela Câmara de Aveiro - como a eletrificação dos moliceiros (que ainda em 2021 estarão a operar nos Canais Urbanos da Ria de Aveiro, permitindo uma redução de 400 toneladas de CO2), e como os três autocarros 100% elétricos atualmente em operação no município, através da Transdev/Aveirobus – reforçando o compromisso “We are green” da CMA.

Este será ainda o primeiro Ferryboat Elétrico a operar em Portugal e dos primeiros em toda a Europa, com exceção feita aos países nórdicos onde esta tipologia de transporte já é utilizada, constituindo-se também como um elemento relevante de marketing territorial, em especial dos valores ambientais do Município de Aveiro, de São Jacinto e da Ria de Aveiro.

Para o Grupo ETE este projeto vem reforçar a sua aposta em soluções ambientalmente sustentáveis, bem como destacar as suas fortes competências na Engenharia e Construção Naval, posicionando-o no mercado com uma capacidade de resposta maior a projetos semelhantes no futuro. Em simultâneo, fomenta a indústria naval portuguesa, elevando-a a exigentes padrões de qualidade e fiabilidade, no qual o Grupo se revê.

Com início de construção previsto para o início do 3.º trimestre de 2021, o novo ferryboat foi adjudicado ao agrupamento de empresas Navaltagus e Navalrocha (Grupo ETE) com um prazo de 18 meses para a sua conceção e construção.

O projeto é cofinanciado pelo POSEUR, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo de Coesão (FC). O investimento total é de 7.326.490,13€ com o apoio do Fundo de Coesão no valor de 2.168.321,53€.

 

Câmara de Águeda adere à Hora do Planeta e alerta para a necessidade de proteger o ambiente


Para além de aderir à iniciativa “Hora do Planeta”, a Autarquia promove um workshop sobre eficiência energética.
A Câmara Municipal de Águeda reforça o alerta para a necessidade de proteger o ambiente e os recursos naturais, promovendo algumas iniciativas numa semana que culminará, no próximo sábado, com a “Hora do Planeta”, altura em que, entre as 20h30 e as 21h30, serão desligadas as luzes exteriores dos edifícios dos Paços do Concelho e do Centro de Artes.

Ao aderir à iniciativa da Associação Natureza Portugal/ World Wide Fund For Nature (ANP/WWF), uma organização global de conservação da natureza, a Câmara de Águeda decidiu que este ato simbólico de desligar as luzes dos dois edifícios municipais é reproduzido todos os dias desta semana, durante 60 minutos.

“A sustentabilidade ambiental é, desde há muito, uma área a que a Câmara de Águeda dá especial atenção, com as suas políticas e boas práticas a serem uma referência regional e nacional”, disse Edson Santos, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Águeda, sublinhando que ao longo de todo o ano a Autarquia realiza um conjunto alargado de iniciativas com vista quer à educação de públicos sobre esta temática, quer à promoção de medidas de impacto ambiental positivo.

Deste modo, as atividades que se realizam esta semana estão alinhadas com as medidas implementadas e ações promovidas de uma forma regular e sustentada pelo Município. São disso exemplo, as atividades que são desenvolvidas no Laboratório Vivo para a Descarbonização (LVpD), Águeda Sm@rt City Lab, com vários wokshops, oficinas, formações e saídas de campo ligados ao ambiente e à educação ambiental.

O próximo workshop está agendado para sábado, às 17 horas e em formato online, tendo como tema a eficiência energética e Flávio Lé, consultor de energia, como orador. Este workshop pretende apoiar as famílias, comerciantes e outras entidades na leitura das suas faturas de energia, bem como ajudar a implementar medidas de redução dos consumos em termos energéticos e financeiros.

Os interessados em assistir a este workshop gratuito, podem inscrever-se online (https://forms.gle/MX8qpq33v9ZUy7ED9), assistir em direto na página de Facebook do Águeda Sm@rt City Lab (https://www.facebook.com/aguedasmartcitylab) ou entrar na plataforma zoom (ID da reunião: 824 0203 3241; senha de acesso: 032382). Para mais informações, enviar email para sustentabilidade@cm-agueda.pt ou geral@livingplace.pt.

26 de março | 10h00 às 12h00 | online: Resultados do projeto SoilCare apresentados em webinar


Sob organização da Escola Superior Agrária do Politécnico de Coimbra (ESAC-IPC), realiza-se amanhã, dia 26 de março, das 10h00 às 12h00, online, o webinar com o tema “Sistemas de cultivo para melhorar a qualidade do solo”.

O webinar tem como principal objetivo divulgar os resultados finais do projeto H2020 SoilCare - Soil Care for profitable and sustainable crop production in Europe, contando com as intervenções de Anne Karine Boulet, investigadora da ESAC, Carlos Alarcão e António Jordão, colaboradores da Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC), e de João Ferreira, agricultor.

Os intervenientes apresentarão os resultados de sideração de leguminosas forrageiras de outono-inverno precedendo a cultura principal de milho grão efetuada na Unidade Experimental do Loreto (Coimbra), da rotação de cultura com arroz biológico e luzerna vivaz levada a cabo na Unidade Experimental do Bico da Barca (Montemor-o-Velho), e da adubação orgânica de uma monocultura de milho grão com lamas de ETAR implementada em terrenos de João Ferreira (São Silvestre). A abertura, discussão e encerramento do webinar caberão ao docente da ESAC e investigador responsável pelo projeto SoilCare, António Dinis Ferreira.

Os interessados podem aceder ao evento através do link https://videoconf-colibri.zoom.us/j/84324977746?pwd=ZlZSaTIxWFJXOTA5NjVLcUpHRm9rdz09.

Porto de Mós | Festival Gastronómico do Cabrito e do Borrego

 Não é tempo de crise, é tempo de oportunidades. É tempo de fechar portas mas de abrir janelas. É tempo de estar em casa, vivendo a vida lá fora. É hora de levar para a mesa os sabores de sempre!

A porta pode estar fechada mas a cozinha estará sempre aberta!


O Município de Porto de Mós está a promover a 2ª edição do Festival Gastronómico do Cabrito e do Borrego, a decorrer entre 26 de março e 04 de abril em regime take away.


O festival pretende promover dois produtos característico da quadra pascal - o cabrito e o borrego - que em Porto de Mós se refletem na gastronomia tradicional como iguarias com particularidades que vale a pena conhecer. Criados ao ar livre, em pleno Parque Natural, o cabrito e o borrego de Porto de Mós são distintivos pelo tipo de pastagens onde são criados.

 

Nesta edição contamos com a participação de cinco restaurantes locais – A Gralha, Taberna da Vila, Adega do Luis, Dom Abade e Requinte dos Amigos. Os pratos estão disponíveis, entre os vários estabelecimentos, todos os dias. O festival funciona em regime take away. Para quem não tem possibilidade de se deslocar ao restaurante, está disponível a entrega ao domicílio, assegurada pelo município, através de uma parceria estabelecida com os táxis do concelho. Assim, para fazer as reservas basta consultar as condições de participação de cada restaurante na informação disponível em anexo. Caso se pretenda o serviço de entrega ao domicílio, aquando da reserva basta informar o restaurante.

 

Esta iniciativa cumpre, assim, dois objetivos distintos. Em primeiro lugar destacar e promover a gastronomia local e, em segundo lugar, dinamizar o comércio e o turismo, seja através da divulgação dos restaurantes participantes, seja através da parceria estabelecida com treze táxis das dez freguesias do concelho.

 

A tradição ainda é o que era e as iguarias das Serras de Aire e Candeeiros estão melhores do que nunca! Usufrua dos pratos tradicionais da Páscoa, com os sabores tão característicos da região e faça as suas encomendas nos restaurantes aderentes.

 

 

Patrícia Alves

Câmara de Águeda implementa medida inovadora de promoção de segurança rodoviária


Área anti-derrapante foi colocada junto a duas passadeiras, na Estrada Nacional 1, próximo ao Hospital Conde Sucena 

A Câmara Municipal de Águeda colocou, ontem, material anti-derrapante na Estrada Nacional N.º 1, junto a duas passadeiras, nas imediações do Hospital Conde Sucena. A medida, inserida numa lógica de promoção de segurança rodoviária, servirá como “tubo de ensaio” para ser aplicada noutras áreas da cidade, consideradas de maior risco de acidentes rodoviários e/ou atropelamentos.

Nestas áreas, em ambas as faixas de rodagem e de uma forma intercalada, foi aplicado pelos serviços municipais, um produto à base de resinas com alta aderência e plasticidade, que, em caso de travagem, faz com que as viaturas não derrapem e parem mais rapidamente, evitando potenciais acidentes.

A aplicação desta medida, por um lado, poderá ter um efeito dissuasor, uma vez que, pela sua cor avermelhada, induzirá o condutor a uma maior contenção na velocidade e, por outro, permitirá prevenir tanto os acidentes rodoviários como potenciais atropelamentos, devido ao material de grande aderência.

“Esta é uma experiência utilizando um produto com características inovadoras que tem por objetivo a prevenção e promoção da segurança rodoviária, bem como a proteção dos peões”, disse Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, acrescentando que, após esta fase de teste da aplicação desta medida, será possível avaliar tanto a durabilidade da resistência do material em caso de travagens como a manutenção da cor, os dois fatores diferenciadores desta medida.

A escolha do local para a aplicação piloto deste material foi estratégica, sendo que uma das áreas é junto à passadeira em frente ao Hospital Conde Sucena e a outra próximo da central de camionagem, zonas centrais e na confluência da EN1, onde o fluxo de tráfego é intenso e o perigo de acidente é maior, pelo que “a avaliação será mais consistente com o propósito a que se destina esta medida”, concluiu Jorge Almeida.

 

Anadia atribui mais um apoio ao empreendedorismo

A Câmara Municipal de Anadia celebrou no dia 22 de março, mais um contrato de apoio ao empreendedorismo, no âmbito do Regulamento de Incentivos à Promoção do Empreendedorismo, do Investimento e Criação de Empresas “Invest em Anadia”.

O incentivo foi atribuído à empreendedora Ana Galvão que desenvolve a sua atividade, na cidade de Anadia, na área da mediação imobiliária, à qual, recentemente acrescentou uma nova valência que lhe permite prestar, através de uma plataforma intuitiva e abrangente, serviços vários de apoio à comunidade, como pagamentos ao Estado ou a obtenção de documentos relacionados com arrendamento jovem, Segurança Social, entre outros, concentrando, assim, a prestação de serviço num só espaço, mediante a agilização de procedimentos e de forma mais personalizada.

Foi concedido à empreendedora anadiense uma bolsa mensal de 250,00€, não reembolsável, pelo período de um ano, bem como apoios não reembolsáveis de 480,00€/ano e de 350,00€/ano, para contratação de serviços de contabilidade e de design e/ou artes gráficas, respetivamente, pelo período máximo de três anos.

Este tipo de apoios municipais faz parte de um conjunto de medidas e de mecanismos concretos de apoio e de incentivo à atividade empresarial no concelho de Anadia, visando atrair empreendedores e investimento, e apoiar o tecido empresarial instalado, à luz das orientações estratégicas descritas no “Invest em Anadia”.

Recorde-se que um dos objetivos estratégicos do Município de Anadia passa por apostar no desenvolvimento económico e sustentável do concelho, em cumprimento do qual desenvolveu e está a implementar o programa “Invest em Anadia” I Estratégia Municipal de Promoção do Empreendedorismo, do Investimento e Criação de Empresas, assumindo um papel ativo na promoção do empreendedorismo, no apoio às empresas e no reforço da captação de investimento.

Governo francês vai sancionar reuniões de mais seis pessoas na rua

Com a aceleração da epidemia em França, o ministro do Interior pediu às forças da ordem para começarem a multar reuniões com mais de seis pessoas no exterior e mais três regiões devem ter novas medidas de confinamento a partir desta quinta-feira.

Com o aumento do número de contaminações e entradas nos hospitais, o ministro do Interior, Gerald Darmanin, pediu hoje em comunicado enviado aos prefeitos de todas as regiões do país para que as forças da ordem implementem sempre esta medida.

A medida está prevista na lei desde outubro, mas até agora a polícia não tinha aplicado as sanções a reuniões com mais de seis pessoas no exterior de forma rigorosa.

Hoje à saída do Conselho de Ministros, o porta-voz do Governo, Gabriel Attal, disse que mais três regiões se devem juntar aos 16 departamentos já em confinamento nesta quinta-feira. As medidas exatas a adotar nesses territórios vão ser detalhadas quinta-feira pelo primeiro-ministro.

Ainda no Conselho de Ministros, Gerald Darmanin apresentou um novo decreto que prevê a possibilidade de que as pessoas positivas à covid-19 que cheguem aos aeroportos parisienses fiquem automaticamente em isolamento.

Estão atualmente internadas nos hospitais franceses 26.876 com a covid-19 e desses pacientes, 4.651 estão nos cuidados intensivos, mais 300 pessoas do que na véspera.

Morreram desde terça-feira 248 pessoas devido vírus, elevando assim o total de mortes 93.183.

Lusa

Tesla passa a aceitar pagamentos em criptomoeda “bitcoin”

Elon Musk, o bilionário dono da Tesla, anunciou hoje que a fabricante de automóveis elétricos vai passar a aceitar pagamentos na criptomoeda "bitcoin", tornando-se numa das primeiras grandes empresas a fazê-lo. 

Musk, que já havia anunciado em fevereiro a conversão em "bitcoin" de reservas da Tesla no valor de 1.500 milhões de dólares, adiantou hoje através da rede social Twitter que os pagamentos futuramente recebidos em "bitcoin" serão retidos em formato digital e não convertidos em dólares.

A Tesla vai também associar-se à infraestrutura informática que serve de sistema de validação de transações de "bitcoin" a nível internacional, adiantou Musk.

Paralelamente, a Tesla lançou uma série de avisos em relação a estas transações em criptomoeda, cuja volatilidade tem sido elevada, nomeadamente que caso o cliente peça um reembolso, o valor devolvido pode ser "significativamente menor" do que o que pagou.

A própria flutuação recente do valor de "bitcoin" tem estado associado aos anúncios da Tesla, nomeadamente há duas semanas, quando caiu depois de Musk dizer que a criptomoeda poderia estar sobrevalorizada.

O investimento em bitcoins pela Tesla foi um dos fatores que levou criptomoeda a registar uma enorme valorização no mês de fevereiro.

Na semana passada, a Tesla comunicou à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos que o cargo de presidente executivo, ocupado por Musk, vai passar a denominar-se "Technoking" ("Rei Tecnológico").

O cargo de diretor financeiro da multinacional, ocupado por Zack Kirkhorn, também sofreu uma alteração e vai passar a denominar-se "Master of Coin" ("Mestre da Moeda").

Os dois nomes podem ser interpretados como uma referência à popular série Guerra dos Tronos, adaptação da saga escrita por George R. R. Martin.

Lusa

Detidas oito pessoas e 99 identificadas desde o início do ano por incêndio florestal

Oito pessoas foram detidas por incêndio florestal desde o início do ano e 99 identificadas, anunciou a GNR, que registou em três meses 340 destes crimes.

Em comunicado, a GNR recorda que, no âmbito da Campanha Floresta Segura 2021 que está a desenvolver, já foram realizadas 7.319 patrulhas, que percorreram 600 mil quilómetros e levantaram 342 autos de contraordenação por realização não autorizada ou negligência na execução de queimas (272) e queimadas (70).

A campanha tem como objetivo prevenir comportamentos de risco, garantir a segurança das populações e do seu património e salvaguardar o tecido florestal nacional.

Durante esta campanha, a GNR já promoveu 4.640 ações de sensibilização que alertaram 21.096 pessoas para a importância dos procedimentos preventivos a adotar, nomeadamente sobre o uso do fogo em queimas e queimadas, a importância de remoção de matos, a manutenção das faixas de gestão de combustível e a adoção de medidas de proteção dos aglomerados e de autoproteção.

Na nota, a GNR recorda que o prazo para a remoção de matos e a manutenção das faixas de gestão de combustível foi alargado até 15 de maio, para terrenos confinantes a edifícios inseridos em espaços rurais.

Lembra ainda que tem em funcionamento a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) para denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas.

Os números oficiais indicam que esta linha recebeu no ano passado 168.000 chamadas, um aumento de 140% relativamente a 2019.

Tendo em conta que as queimas são uma das principais causas de incêndios em Portugal, a GNR relembra que é proibido queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração florestal ou agrícola sem comunicação prévia ou pedido de autorização e que não se deve fazer queimas com tempo quente e seco ou com vento, escolha dias nublados e húmidos.

Segundo os dados divulgados este mês pela Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF), o investimento em prevenção e combate aos fogos rurais duplicou nos últimos três anos, passando de 143 milhões de euros em 2017 para 289 milhões em 2020.

De acordo com os mesmos números, excluindo encargos diretos das autarquias e privados, do investimento de 143 milhões de euros em 2017 apenas 20% foi gasto em prevenção, enquanto em 2020 dos 289 milhões 45% foram para esta área.

O balanço da AGIF indica que no último ano foram registados 4.892 crimes e detidas 51 pessoas por incêndio florestal.

Cruz salva menino de bala perdida

 

Na passagem deste ano, Tiziano Medina [foto acima], de apenas 9 anos, foi atingido por uma bala perdida em Tucumán (Argentina). Ela perfurou uma pequena cruz metálica [foto ao lado e abaixo] que o menino levava no pescoço e arrancou a correntinha, mas desviou-se e causou apenas uma ferida superficial.

No Hospital del Niño Jesús os médicos não entendiam, pois uma bala no local provocaria uma ferida mortal, mas tudo ficou claro quando lhes foi mostrada a cruz que desviou a bala.

“Para nós, é um milagre!” — disse a mãe, segurando um grande quadro do Sagrado Coração de Jesus. O fato é simbólico, quando a humanidade sofre o impacto enorme da pandemia.

As ameaças para 2021 são imprevisíveis, mas grande parte do clero se omite em divulgar e aplicar os grandes recursos que a Igreja Católica prodigaliza para nossa salvação.

ABIM

Última chamada para candidaturas a Urban Challenges e 5G Challenges


Fecham já no domingo, 28 de março, as candidaturas para a 2ª edição dos desafios Urban Challenges e 5G Challenges, da iniciativa Aveiro Tech City, da Câmara Municipal de Aveiro. As inscrições podem ser feitas na plataforma Aveiro Tech City e destinam-se a empreendedores, start-ups, scaleups e instituições de I&D. No total, os dois desafios têm 195 mil euros em prémios para distribuir pelos melhores projetos e ideias.

Desta vez os cinco desafios do Aveiro Urban Challenges são todos colocados pela autarquia aveirense e buscam soluções que tornem a cidade mais sustentável para residentes e visitantes. Em cada um dos desafios haverá um projeto finalista que vai receber 20 mil euros para financiamento e desenvolvimento da ideia.

No Aveiro 5G Challenges o objetivo é premiar as melhores ideias e soluções na área do 5G, permitindo que os candidatos utilizem infraestrutura 5G instalada em toda a cidade de Aveiro para testar livremente projetos pioneiros que queiram ver realizados. Este é um desafio que se realiza em parceria com a Altice Labs, o Instituto de Telecomunicações e a Universidade de Aveiro. Os três vencedores do Aveiro 5G Challenges recebem 25 mil euros cada um para financiar os respetivos projetos premiados. Neste desafio, além dos prémios para os vencedores, também há apoio monetário de dois mil euros para cada um dos 10 projetos que passarem à fase final.

Candidaturas online
Para se candidatarem, os interessados têm apenas de preencher um formulário online em Aveiro Tech City.

O projeto Aveiro STEAM City é cofinanciado pelo Fundo de Desenvolvimento Regional – FEDER, através do programa Urban Innovative Actions. O seu investimento global é de 6.115.915€ com o apoio FEDER 4.892.732€.

Câmara de Águeda financia obras de requalificação da Junta de Freguesia e Unidade de Saúde de Travassô

 Foi instalada uma Unidade de Saúde provisória em Óis da Ribeira, garantindo a prestação de cuidados de saúde à população local enquanto as obras decorrem.

A Câmara Municipal de Águeda vai financiar na totalidade as obras de requalificação do edifício da Junta de Freguesia e Unidade de Saúde de Travassô, num investimento de 334.540,25 euros. O acordo financeiro, que garante a execução desta obra, foi assinado entre a Autarquia e a União de Freguesias (UF) de Travassô e Óis da Ribeira, responsável pela intervenção.

De acordo com o plano de trabalhos e cronograma financeiro, a obra deverá ser executada no prazo de 12 meses, sendo que a Câmara de Águeda assegura o financiamento de 185 mil euros este ano e os restantes no próximo.

“Este apoio que concedemos à UF de Travassô e Óis da Ribeira possibilita que as obras arranquem o mais breve possível e é resultado de uma parceria institucional, como as que fazemos com todas as freguesias do concelho, no sentido de dar uma resposta adequada às necessidades e anseios das populações”, frisou Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda, acrescentando que este princípio de um relacionamento de colaboração e entreajuda com as Juntas de Freguesia tem norteado a atividade municipal, sempre no respeito pelas atribuições e competências que lhes estão conferidas.

A par desta verba atribuída à UF, a Câmara Municipal de Águeda comparticipa com 11.500 euros para as despesas relativas às obras de adaptação do edifício da Junta de Freguesia de Óis da Ribeira para instalação de uma unidade de saúde provisória, que irá garantir a prestação de cuidados de saúde à população local enquanto decorrem as obras de requalificação referidas.

Acresce ainda que a Câmara contribui com a cedência dos técnicos municipais para a fiscalização e acompanhamento da obra em curso.

De referir que esta é uma situação, a par de outras em todo o concelho, em que a Câmara Municipal, num trabalho de colaboração e parceria, demonstra estar ao lado das Juntas de Freguesia na execução das obras, dotando-as de meios técnicos e financeiros.

Proibição da circulação entre concelhos antecipada das 20h00 para as 00h00 de sexta-feira

 A proibição de circulação entre concelhos em Portugal continental no próximo fim de semana e durante a semana da Páscoa foi antecipada para as 00:00 de sexta-feira, segundo uma declaração de retificação publicada em Diário da República.

De acordo com uma declaração de retificação publicada na quarta-feira em Diário da República, “é proibida a circulação para fora do concelho do domicílio no período compreendido entre as 20:00 de sexta-feira e as 05:00 de segunda-feira e, diariamente, a partir das 00:00 do dia 26 de março, sem prejuízo das exceções previstas”.

Anteriormente, apenas constava no artigo relativo à limitação da circulação entre concelhos do decreto de 13 de março que regulamenta o estado de emergência que era “proibida a circulação para fora do concelho do domicílio no período compreendido entre as 20:00 de sexta-feira e as 05:00 de segunda-feira e, diariamente, a partir do dia 26 de março.

A medida retificada foi apresentada em 11 de março pelo primeiro-ministro, António Costa, como parte do plano de desconfinamento do país, definido depois de uma reunião do Conselho de Ministros.

Na altura, António Costa explicou que a decisão tem como propósito “garantir que a Páscoa não é um momento de deslocação e de encontro, mas, pelo contrário, mais um momento de confinamento”.

Esta medida, que também integrou a proibição de circulação entre concelhos no último fim de semana, é uma das alíneas do plano de reaberta a “conta-gotas” que começou em 15 de março e que prevê até 03 de maio uma reabertura “progressiva” e “com segurança”.

Lusa

Chegada da Páscoa leva a que vários países europeus apertem restrições

Os principais Estados europeus estão a restringir a mobilidade dos cidadãos quando se aproxima a Páscoa, com novos confinamentos e sanções por viagens não essenciais, perante a extensão dos contágios com as novas variantes do novo coronaravírus.

Um ano depois da adoção das primeiras medidas com vista ao controlo do avanço da pandemia são vários os países que mantêm restrições, perante a força da terceira vaga e o receio de uma quarta.

Na Alemanha, a chanceler Angela Merkel revogou a decisão de suspender a atividade pública e económica para a Semana Santa e assumiu o “erro” daquela decisão, que causou confusão e atrito em plena campanha eleitoral.

Merkel pediu perdão aos cidadãos, apesar de as infeções e os internamentos em cuidados intensivos estarem a subir desde há semanas e de o governo estudar a proibição de deslocações ao estrangeiro, segundo vários meios, que realçam a polémica sobre as viagens a Maiorca neste período pascal.

O momento é complicado porque a eventual proibição levanta dúvidas sobre a sua constitucionalidade, pelo que os ministérios do Interior e da Justiça estão a analisar a sua viabilidade legal, apesar de persistir a recomendação de não viajar ao estrangeiro.

Em França, o governo anunciou hoje que está a preparar o reforço das restrições em vários departamentos, como Aube, Nièvre e Ródano, incluindo a capital deste, Lyon, depois de se assistir ao aumento dos casos de infeções. Estas áreas têm uma população de dois milhões de pessoas.

Em todo o caso, persistem as limitações à mobilidade, desde 20 de março, em 16 departamentos, incluindo Paris, onde reside um terço da população francesa, devido ao forte avanço da pandemia.

A França tem as suas fronteiras encerradas com a maioria dos Estados que não pertencem ao Espaço Económico Europeu (EEE) e desaconselha viagens aos da União Europeia.

No Reino Unido, a mobilidade está limitada a alguns motivos, como profissionais, assistência a doentes e emergências. Em qualquer outra circunstância, as pessoas devem limitar as deslocações à sua “área local”.

Só com razões especiais se pode viajar ao estrangeiro. Sair do país para fazer turismo ou outra razão não considerada essencial é punido com multas de cinco mil libras (5.800 euros) a partir de segunda-feira.

Em Itália não se pode viajar entre regiões até 27 de março. E até 6 de abril, todas as regiões com uma incidência semanal superior a 250 casos por cem mil habitantes passam a ter um confinamento em que é proibido sair de casa, exceto por motivos de trabalho, saúde, necessidade urgente ou para fazer atividade física nas imediações da residência.

Toda a Itália vai estar confinada no fim de semana da Páscoa (3, 4 e 5 de abril).

Nos Países Baixos não há restrições à mobilidade interna e as pessoas podem mover-se livremente em transporte público ou privado entre as diferentes regiões e cidades do país.

Ao lado, na Bélgica, as autoridades decidiram hoje encerrar as escolas, os negócios de contacto, como cabeleireiros, ou restringir o acesso aos estabelecimentos não essenciais a clientes apenas com marcação, entre outras medidas para procurar conter o avanço da pandemia.

A Bélgica não tomou medidas para restringir as deslocações internas, mas é um dos Estados membros da UE que mais restrições aplica às viagens ao estrangeiro, uma vez que as viagens não essenciais estão proibidas até 18 de abril.

Já em Espanha, a ministra da Saúde, Carolina Darias, analisa hoje com os responsáveis sanitários regionais a evolução da pandemia, com o receio de uma quarta vaga de infeções, o que poderia levar a endurecer as restrições à mobilidade e às relações sociais, com vista à Páscoa.

Cada região está fechada e apenas pode haver mobilidade entre elas por motivos estritamente necessários e essenciais.

Na Dinamarca não existe qualquer restrição à mobilidade interna, mas desaconselham-se as viagens não imprescindíveis para o estrangeiro.

Na Suécia também não há limites à mobilidade interna e apenas se desaconselham viagens para fora do EEE.

A Noruega não limita as viagens internas, mas desaconselha deslocações ao estrangeiro que não sejam indispensáveis.

A Finlândia mantém em vigor o estado de exceção declarado em 01 de março e a coligação governamental está a negociar restrições à mobilidade para conter a pandemia, se bem que agora não haja restrições à circulação interna.

Na República Checa está em vigor um encerramento de cada uma das províncias, das quais só se pode sair por motivos de trabalho, saúde ou família.

Na Grécia, desde o segundo confinamento, no início de novembro, a mobilidade volta a estar muito restringida. As viagens no país estão proibidas, tanto por terra como por ar. As exceções são as deslocações de uma região a outra por motivos de saúde, trabalho, regresso a residência permanente ou reunificação familiar.

Na Federação Russa não há limitações à mobilidade interna. As 85 regiões estabelecem as normas sanitárias segundo a respetiva situação epidemiológica em cada lugar.

As viagens ao estrangeiro regulam-se na base de acordos bilaterais com os países que têm as fronteiras abertas, o que na maioria dos casos significa apresentar testes dias antes da realização da viagem.

Lusa / Madremedia

Imagem: SAPO

Autogolo vale triunfo de Portugal sobre o Azerbaijão

Cristiano Ronaldo bate recorde de longevidade na seleção nacional

Portugal derrotou esta noite o Azerbaijão, por 1-0, numa partida para a primeira jornada do Grupo A europeu de apuramento para o Mundial de 2022, realizada em Turim.

Num jogo inicialmente agendado para Alvalade e alterado para a cidade italiana devido à pandemia de covid-19, o autogolo de Medvedev, aos 37 minutos, valeu o triunfo aos comandados de Fernando Santos.

A partida ficou ainda assinalada pelas estreias de Nuno Mendes e João Palhinha pela seleção nacional e pelo recorde, mais um, de Cristiano Ronaldo, que superou a longevidade de Damas.

Com a vitória, Portugal igualou a Sérvia, que esta noite bateu a República da Irlanda, no comando do Grupo A, com três pontos. O Luxemburgo ainda não jogou, tendo por isso zero pontos.

Bancada.pt

México | Connectory Abre Espacio Para Empresas Sin Oficinas Por La Contingencia



por Yesica Flores

Concepto corporativo para lanueva normalidad 

Así como al inicio de la contingencia sanitaria el tránsito de un esquema presencial de trabajo a uno remoto representó enormes retos para las personas y las empresas, el concepto mismo de oficina ha sido necesariamente replanteado ante un largo período de ausencia en los espacios corporativos, durante el cual, mantener instalaciones exclusivas se ha vuelto insostenible.  

Migrar hacia una normalidad postpandemia requiere de innovación, adaptabilidad y una nueva dimensión del entorno de trabajo. En noviembre de 2020, la firma Fortunes World Report encuestó a cerca de 2 mil 180 empleados, 60% de los cuales manifestó la necesidad de concentración y un espacio adecuado para el desarrollo de sus actividades. La mitad, ve viable adecuarse a un espacio compartido.  

En Connectory siempre hemos estado comprometidos con México y la innovación, por ello, y ante la eminente necesidad del retorno a la oficina, nace Connectory Corp, una solución innovadora de espacios de trabajo con una propuesta de valor única para las empresas, que derivado de la pandemia COVID-19, decidieron cerrar sus oficinas corporativas, comentóAlberto Ibarrarán, director de Innovación, Tecnología y Desarrollo de Negocios de Bosch México.

Connectory Corp retoma la fórmula exitosa del Connectory, el “Silicon Valley mexicano” en Guadalajara que durante 2020 tuvo su particular dosis de creatividad para dar continuidad a sus actividadesMelissa Mendivil, gerente de Innovación, añadióimplementamos medidas estricticas y protocolos de seguridad que nos permitieron brindar un espacio seguro a todos nuestros clientes para continuar el crecimiento de su negocio, nos digitalizamos y lanzamos una serie de webcast, con el objetivo de mantener nuestro compromiso de habilitar el ecosistema dando como resultado 37 eventos en vivo en nuestro canal de YouTube y 20 nuevas alianzas con corporativos.

Connectory Corp es un espacio de trabajo listo para usarse con todas las comodidades incluidas, sanitizado (con rigurosos protocolos de limpieza que brindan un espacio seguro), flexible(apto para todas las necesidades), tecnología de punta (escritorios inteligentes, monitores, pantallas, internet de alta velocidad y acceso incluido a nuestro Fab Lab IoT), Networkingy generación de nuevas relaciones comerciales para el desarrollo de negocio de nuestros socios en  una ubicación estratégica dentro de Guadalajara con el soporte de Bosch México. 

México | El Síndrome Del Edificio Enfermo



por Yesica Flores

• Pasamos alrededor del 80% de nuestro tiempo en edificios enfermos

• La fatiga, irritación y estrés son los principales síntomas
• Los interioristas y arquitectos son los encargados de hacer correcciones a estas edificaciones

El interiorismo en zonas urbanas se vuelve un factor de importancia para tener una interacción saludable con los espacios. Estos tipos de zonas son diseñadas para pasar alrededor del 80 por ciento del tiempo en estos edificios. Esto quiere decir que la relación y utilidad que tienen debe ser de manera confortable, segura y sana para poder cumplir su propósito.

Hace unos años se reconoció que la mayoría de las personas que labora en los grandes edificios de las zonas urbanas contaban con malestares y sensación de fatiga y estrés lo que se diagnosticó como una enfermedad producida por el espacio. Esto se definió como el Edificio enfermo.

El Arquitecto S. Alejandro Ibarra Aragón y la Diseñadora de Interiores Norma Rodríguez Ruesga, fundadores de IAARQ, mencionan que estos problemas pueden ser los siguientes: “es el estado inadecuado de los sistemas de aire acondicionado, ventilación, iluminación que afectan la condición física de quienes se involucran en el espacio. Otros de los factores son los tipos de pintura y la distribución de espacios.”
Estos problemas se dan en la actualidad con construcciones que tienen gran tiempo de existencia. Esto se debe a la manera en que fueron diseñadas, sus materiales y la forma en la que aprovechaban el espacio y su ventilación.
Lo que provoca en la salud este tipo de edificios es cansancio, fatiga, irritación y enfermedades crónicas, además de una disminución de actividades y de interacción con los espacios que los hace difíciles de habitar.

A partir de esto, los fundadores de IAARQ comparten que para poder solucionar a este tipo de edificios o la forma de aplicar medidas correctivas para estos espacios una primera buena decisión es consultarlo con un experto: “ Los interioristas son más sensibles a detectar posibles problemas que pueden afectar en la productividad de los espacios. Estamos obligados a investigar para poder diseñar mejor. Sabe qué materiales usar, como solucionarlo y en donde desarrollar la distribución. Un edificio bien diseñado aumenta la productividad, la diferencia la hace la forma en la concibes el espacio desde lo arquitectónico y lo interior.”

Definitivamente para evitar contar con edificios enfermos se debe de analizar desde el inicio del proyecto. Cómo se planifica y distribuye, así como los elementos que lo conforman. Deben ser edificios fáciles de resolver, se busca una buena interacción del que habita el espacio.

México | Dell Technologies Lidera La Era De La Inteligencia Con Su Nueva Familia Latitude



por Yesica Flores

Dell Technologies redefine el trabajo, al maximizar la innovación tecnológica con la nueva serie Dell Latitude, la cual está diseñada para satisfacer las actuales necesidades de productividad de los usuarios.

El nuevo portafolio Dell Latitude 2021, tiene innovaciones no solo en el diseño y materiales, si no también funcionalidades optimizadas para la colaboración, conectividad y rendimiento excepcional. Todo esto basado en el uso de Inteligencia Artificial (IA), para ayudar a los usuarios a trabajar, colaborar y aprender desde cualquier lugar.

“Cuando la inteligencia se suma a características premium todo se eleva y cuándo se trata de tecnología, nada nos detiene en Dell Technologies. Hemos creado una serie de laptops basadas en la inteligencia combinada con innovación que son el diseño creado para el futuro de la colaboración,” enfatizó Ada Cleghorn, directora de ventas soluciones Client en Dell Technologies México.

La serie Dell Latitude tiene 27 años de historia, diseñando PC’s comerciales de alta confiabilidad, que tienen un diseño mejorado y estilizado para entornos corporativos, además, de un alto grado de seguridad, un elemento indispensable hoy más que nunca. La nueva generación de computadoras portátiles, cuenta con 14 nuevos equipos de las series 30005000, 7000 y 9000.

La familia Latitude cuenta con Dell Optimizer, un software gratuito que utiliza IA y Machine Learning (ML), para aprender y responder a la manera de trabajo, mejorar la experiencia y la interacción que existe entre el usuario y la PC. Dell Optimizer en su versión 2.0 mejora el rendimiento de aplicaciones, del audio, la batería, la conectividad y la autenticación del usuario.

Los usuarios tendrán mejores experiencias en su trabajo, en cualquier momento y lugar, gracias a las siguientes características de Dell Optimizer:

  • Express Response – Mejora y optimiza la interacción con las aplicaciones más frecuentemente utilizadas de acuerdo a un análisis del comportamiento de usuario basado en ML. Con estos datos, Express response hace ajustes a nivel de memoria, procesador y almacenamiento para priorizar recursos a estas aplicaciones.
  • Audio inteligente – Automatiza el audio del micrófono, mejora la calidad de la voz y la reducción de ruido inesperado en un segundo plano, de modo que esta tecnología permite interactuar virtualmente como si se estuviera en la misma sala, con la persona del otro lado de la pantalla. Asimismo, permite que el usuario se escuche mejor y escuche a los interlocutores con mejor calidad a través del sistema del equipo.
  • Express Charge – Ayuda aextender el tiempo de ejecución y mejora el rendimiento de la batería, regulando el brillo de la pantalla, el rendimiento de la CPU y el bluetooth. Esta tecnología conoce la dinámica de trabajo del usuario, adaptándose a los patrones de uso.

Una de las ventajas de esta tecnología es qué en tan solo en una hora, la carga de la batería alcanza el 80% y cuando se necesite se podrá cargar la batería rápidamente ya que se logra un 35% de carga en tan solo 20 minutos.

  • Express Connect – Encuentra y se conecta dinámicamente a la mejor red de WI-Fi y prioriza el ancho de banda para las aplicaciones de conferencias, con el fin de minimizar las fallas o pérdidas de conexión durante las reuniones remotas.


La nueva serie Dell Latitude en especial los equipos de la serie 9000 cuentan con el soporte para la red 5G, que es 10 veces más veloz que la red actual 4G, además estos los equipos están listos para la red Wi-Fi 6/6E lo que brindará un protocolo con mayor seguridad, mejor ancho de banda y alcance.

Las nuevas Latitude incluyen también novedades para tener videollamadas con una mejor calidad de video y privacidad, gracias a la primera cámara web SafeShutter que cuenta con un sistema electromecánico que abre y cierra la cámara automáticamente dependiendo del contexto de trabajo en el cual se encuentre el usuario. Además, la nitidez de las imágenes es evidente, ya que las nuevas Latitude cuentan con cámaras que emplean tecnología TNR e Intel IPU 6.0 que mejoran la calidad de la imagen aún en condiciones de iluminación difíciles.

Gracias a la nueva generación de procesadores de Intel vPro® de 11.a generación, se introdujeron estás tecnologías a la nueva serie Dell Latitude ya que ofrecen:

1.- Mejor desempeño de las aplicaciones, debido a una mayor velocidad para realizar tareas.

2.- Seguridad contra amenazas externas desde el hardware.

3.- Administración de manera sencilla ante las complejidades del ciclo de vida de la PC con estabilidad confiable.

“En Intel México estamos muy entusiasmados de celebrar la llegada de los nuevos equipos Dell Latitude y muy orgullosos de, una vez más, poder colaborar en conjunto para seguir ofreciendo innovaciones tecnológicas, este año de la mano de Intel® Core™ de 11ª Generación, el mejor procesador del mundo para equipos ultra portátiles que permitirá al usuario entrar a una nueva era en rendimiento inteligente”, Santiago Cardona, director general para Intel México.

Acerca de los nuevos integrantes de la línea Latitude

Las innovaciones en diseño de la nueva serie se destacan en la Dell Latitude 9420, modelo que se encuentra en formato laptop y en 2 en 1; tiene una pantalla QHD con resolución 16:10, maximizada de 14” gracias a sus bordes delgados y nuevas bisagras que permiten tener una pantalla más grande lo que ofrece a los usuarios una experiencia visual increíble.

Adicionalmente, cuentan con el Dell Comfortview plus con la tecnología Low Blue Light (LBL) que reduce la emisión de luz dañina y ayuda a que los ojos estén más cómodos ante la pantalla.


“Este modelo redefine lo que significa colaborar desde cualquier lugar. Está diseñada con absoluta precisión y la mayor atención al detalle, se adapta a la manera en que el usuario trabaja y es la PC de Dell más pequeña y ligera. Sus dimensiones son de 31 x 21 cm y 8.5 mm de espesor, lo cual hace a este equipo muy liviano y ligero, pesa tan solo 1,3 Kilos y para esta época

de movilidad total, será un equipo ideal para el trabajo hibrido.” destacó Javier Pezúa, gerente de Marketing de Soluciones Client en Dell Technologies México.

Las funciones premium también son accesibles dentro de la serie Latitude 7000, la cual está impecablemente diseñada. Son laptops y 2 en 1 comerciales rápidas y pequeñas que responden ante la IA, y ofrecen opciones de resolución 4K y banda ancha móvil, que le permiten al usuario mantenerse productivo desde prácticamente cualquier lugar.

La serie Latitude 5000 permite mantener la productividad al ser la serie más escalable y poderosa, que cuenta con una amplia variedad de opciones de almacenamiento, memoria, batería y procesador para satisfacer las necesidades del usuario. El modelo Latitude 5420 ayuda a los clientes a trabajar desde cualquier lugar de forma más rápida y eficaz, es la primera laptop de 15,6″ que usa bioplásticos provenientes de árboles en su diseño y ofrece el equilibrio perfecto entre rendimiento, escalabilidad y movilidad, proporcionando la usabilidad necesaria para el trabajo y la colaboración durante todo el día.

La nueva línea Latitude, se ha diseñado para trabajar de la manera más optima, eficiente y productiva, con el fin de que los usuarios tengan las mejores herramientas y seguridad como si estuvieran en la oficina.

“Durante el último año hemos sido testigos de la transformación del trabajo, el cual ha dejado de ser un lugar, para convertirse en resultados. De igual forma, aprendimos que no es solo brindarle una computadora al colaborador, sino ofrecerle las herramientas adecuadas para que tenga la mejor experiencia y así incremente su productividad y colaboración, desde cualquier lugar dónde esté trabajando”, comentó Juan Francisco Aguilar¸ director general de Dell Technologies México.

Las videoconferencias nunca volverán a ser iguales gracias a las herramientas inteligentes de esta nueva serie, que permiten a los usuarios alcanzar una máxima productividad con mayor rapidez.