segunda-feira, 23 de abril de 2018

3 ACCIONES PARA CREAR UNA OFICINA SUSTENTABLE


por Yesica Flores
Pequeños cambios pueden crear una oficina verde, generar un impacto positivo en el ambiente y además ayudar a ahorrar dinero.
Ser sustentable significa estar consciente del impacto ambiental en diferentes actividades. Así, la sustentabilidad en los centros de trabajo se enfoca en áreas críticas como el ahorro de energía, reducción de desechos o políticas de movilidad y viajes. Estos esfuerzos tienen efectos positivos en diversos ámbitos organizacionales. Así, por ejemplo reducir el uso del papel además de tener un impacto positivo en el medio ambiente; reduce trabajo administrativo, hace más eficiente la comunicación interna y mejora la forma de archivar la información.
Simplificar la sustentabilidad con proyectos sencillos de implementar es la clave para el éxito. Sergio Dondisch quien dirige WaterStation en México nos comparte tres áreas de acción que generaran un impacto positivo en diferentes áreas de operación dentro de una oficina:
COMSUMO ENERGETICO Y AMBIENTE
Utilizar iluminación natural donde sea posible, abrir espacios de ventilación natural, Iluminación LED, sensores de movimiento, decoraciones con colores claros y cortar la energía durante horas muertas, son actividades necesarias.
Estas acciones además de ahorrar dinero crean un ambiente de trabajo más limpio, natural e iluminado, así como una mayor conciencia en general.
PAPELERIA E INSUMOS
Implementar ajustes y programas de impresión de forma más eficiente (como imprimir a doble página), utilizar insumos como papel reciclado, eliminar toallas de papel en sanitarios y el uso de limpiadores biodegradables, son sin duda cambios que ayudan a ahorrar dinero. Utilizar grupos de trabajo y bases de datos digitales, generan que el flujo de información mejore y quede resguardada de forma más segura, promoviendo el trabajo colaborativo y creando conciencia sobre el cuidado del lugar de trabajo.
NO MÁS AGUA EMBOTELLADA
Imagina un lugar de trabajo libre de botellas de plástico que llenan los botes de basura. Eso es posible, en la actualidad en muchos lugares de Europa, escuelas, hospitales y oficinas los garrafones y botellas de agua están siendo prohibidos. La razón es simple: contaminan, son innecesarios, antihigiénicos y necesitan un considerable monto para su abastecimiento. La mejor idea, gracias a la ayuda de la tecnología, es adquirir o rentar una estación de purificación de agua, que además luce bastante estético.
Y para justamente ayudar a la creación de lugares sustentables, en México la empresa WaterStation ha cambiado la forma en que se consume el agua por medio del desarrollo y oferta del mejor servicio de purificación de agua en Punto de Uso (POU).
Este servicio ha generado la confianza de distintos consumidores ya que sus principales características, además de sumar un granito a la sustentabilidad, son: saludable, fácil, económico y ecológico.
Con la llegada de estas estaciones de purificación, nuevas formas de consumo inteligente se avecinan rápidamente en México y se quedan para generar un menor impacto ecológico.
¿Quieres incentivar una oficina sustentable? Conoce más en http://www.waterstation.mx
#DespídeteGarrafón
#WaterStationMx

Comemorações do 44º Aniversário do 25 de abril no Município de Ovar




Marinha Grande recebe campeonatos regionais de desporto escolar


O concelho da Marinha Grande volta a receber os campeonatos regionais de desporto escolar, de 4 a 6 de maio, com a realização de provas de diferentes modalidades em diversos equipamentos desportivos.

A organização é da Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE), Direção de Serviços da Região Centro (DSRC) e conta com o apoio da Câmara Municipal da Marinha Grande, de todos os Agrupamentos de Escolas do Concelho da Marinha Grande, Polícia de Segurança Pública, Guarda Nacional Republicana e Bombeiros Voluntários de Marinha Grande e de Vieira de Leiria.

Os campeonatos contam com a participação de 1100 alunos, dos 13 aos 18 anos, de cerca de 90 equipas. Os jovens atletas vão competir nas modalidades de atletismo, basquetebol, futsal, perícias e corridas de patins e voleibol.

Os locais onde decorrem as competições são os seguintes:

Estádio Municipal Marinha Grande (Atletismo)
Parque de Exposições da Marinha Grande (Futsal e Voleibol)
Pavilhão Gimnodesportivo de Vieira de Leiria (Futsal)
Pavilhão AE Marinha Grande Poente – EB Guilherme Stephens (Patinagem)
Pavilhão Gimnodesportivo da Marinha Grande – EB Prof. Alberto Nery Capucho (Basquetebol)
Pavilhão AE Marinha Grande Nascente – ES Pinhal do Rei (Voleibol)
Pavilhão do Sporting Clube Marinhense (Basquetebol)

O programa é o seguinte:

4 de Maio . sexta-feira
15h00 . EB Guilherme Stephens
Chegada das comitivas e acreditação de atletismo, basquetebol, futsal e voleibol

20h30 . Parque Municipal de Exposições, Pavilhões de ES Pinhal do Rei, Sporting Clube Marinhense, EB/S Vieira de Leiria, EB Nery Capucho
Competições das modalidades coletivas 

5 de maio . sábado
09h30 às 17h30 . Estádio Municipal da Marinha Grande
Competições de atletismo

09h30 às 19h00 . Parque Municipal de Exposições, Pavilhões de ES Pinhal do Rei, Sporting Clube Marinhense, EB/S Vieira de Leiria, EB Nery Capucho
Competições das modalidades coletivas 

11h00 às 17h00 . EB Guilherme Stephens
Provas de patinagem

21h30 . Jardim Stephens
Festa convívio com todos os atletas

6 de maio . domingo
09h30 às 12h30 . Parque Municipal de Exposições, Pavilhões de ES Pinhal do Rei, Sporting Clube Marinhense, EB/S Vieira de Leiria, EB Nery Capucho
Competições das modalidades coletivas e entrega de prémios

09h30 às 12h30 . EB Guilherme Stephens
Patinagem artística, Torneio de Mini Hóquei em Patins, estafeta com perseguição e entrega de prémios da patinagem

Parte dos subsídios de 2018 foram entregues Câmara de Cantanhede apoia o desporto




A Câmara Municipal de Cantanhede procedeu à entrega de subsídios às associações desportivas do concelho, nos termos do regulamento em vigor, conforme consta nos contratos de desenvolvimento desportivo subscritos pelas entidades beneficiárias. A autarquia estima que o valor global destinado a esta rubrica durante o ano em curso deverá ascender a perto de 100 mil euros, montante do qual acaba de ser transferido o correspondente a um pouco mais de 60%. A verba restante será disponibilizada oportunamente às associações, até perfazer o valor total do subsídio atribuído a cada uma delas, em função de critérios estabelecidos para esse efeito. 

Os 64 mil euros entretanto já distribuídos foram entregues no decurso de um encontro realizado em 20 de abril entre os responsáveis das entidades associativas com a presidente da Câmara Municipal, Helena Teodósio, que esteve acompanhada na sessão pelo vice-presidente da autarquia, Pedro Cardoso, e pelo vereador do Desporto, Adérito Machado 

A repartição do valor global foi feita a partir de um inquérito realizado a todas as coletividades, tendo em conta o seu nível de atividade e o número de intervenientes envolvidos na prática desportiva, entre outros aspetos. O desenvolvimento da atividade física regular contempla dois tipos de apoio, um para o desporto federado, outro para o não federado. No primeiro caso, o cálculo é feito em função do número de praticantes multiplicado por um valor unitário por atleta, segundo dois escalões (>18 anos e ≤18 anos), grau de representatividade das agremiações desportivas, de acordo com nível de competição que disputam, e também do tipo de enquadramento em termos de exigência técnica; no que respeita à atividade física não federada, é considerado apenas o número de praticantes com valores diferenciados por três escalões etários (≤ 18 anos; > 18 anos e ≤ 55 anos; > 55 anos). 

O apoio que o Município de Cantanhede concede ao movimento associativo na área do desporto “visa a crescente valorização das condições em que se desenvolve a prática desportiva”, conforme referiu a líder do executivo camarário na alocução de abertura. Segundo Helena Teodósio, “a autarquia tem muitas razões para se orgulhar da força das suas associações neste campo, da intensa atividade que promovem em benefício de crianças e jovens que têm em formação e competição, sem esquecer as vantagens para os mais velhos, designadamente ao nível do desporto de manutenção”. 

A autarca enalteceu “o empenho, a dedicação e a forma exemplar como os dirigentes associativos se sacrificam em prol de uma causa que contribui para a dinamização das nossas comunidades e as torna socialmente mais coesa”. Segundo helena Teodósio, “as autarquias não podem ser indiferentes ao esforço de tanta gente envolvida nesse processo, razão pela qual a Câmara de Cantanhede faz questão de estar de braço dado com todos aqueles que trabalham no fomento do desporto. Os subsídios para financiar a atividade desportiva servem para isso e, não menos importante, para promover a rentabilização dos investimentos que que a autarquia tem vindo a fazer no desenvolvimento de uma rede de equipamentos desportivos de qualidade”, concluiu.

Alargado prazo para apresentação de propostas para exploração de cafetaria

O Município de Loulé prorrogou o prazo de apresentação de propostas para a concessão de uma cafetaria no Centro de Experimentação e Criação Artística de Loulé (CECAL).
Os interessados têm, a partir desta Segunda-feira, 23 de Abril, data da publicação do respectivo aviso em Diário da República, mais 10 dias para procederem à apresentação de propostas.
O único critério de adjudicação é o preço mais elevado. A entidade que vencer o concurso garante o direito de exploração do espaço durante 40 meses.
Os interessados podem consultar as peças do concurso na Divisão de Gestão do Património Municipal e Aprovisionamento da Câmara de Loulé, situada na Praça da República.
Fonte:oalgarve

É oficial. Kate e William são pais de um menino

A Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, deu à luz um menino esta segunda-feira, 23 de abril. É o terceiro filho do casal real.

Resultado de imagem para É oficial. Kate e William são pais de um menino

"Sua Alteza Real a Duquesa de Cambridge deu à luz sem problemas um menino às 11:01 [a mesma hora em Lisboa]", refere o comunicado partilhado nas redes sociais.
O príncipe William, Duque de Cambridge, estava presente. A mãe e o bebé encontram-se bem de saúde.
O bebé, cujo nome será revelado "em devido tempo", pesa 3,8 quilos.
O palácio afirma que "a rainha, o duque de Edimburgo, o príncipe de Gales, a duquesa da Cornualha, o príncipe Harry e membros das duas famílias foram informadas e estão encantadas com a notícia".
Kate Middleton tinha dado entrada no hospital nas primeiras horas desta segunda-feira, 23 de abril.
"Sua Majestade a Duquesa de Cambridge foi admitida no hospital St. Mary, em Paddington, Londres, em fase inicial de trabalho de parto", anunciou a família real em comunicado. "A duquesa viajou de carro desde o palácio de Kensington até ao hospital St. Mary, na companhia do Duque de Cambridge", informou o palácio de Kensington esta manhã.
Este é o terceiro filho de Kate Middleton e do príncipe William.
Como é habitual, o novo bebé real foi aguardado com grande entusiasmo (e criatividade) pelos britânicos, muitos dos quais fizeram questão de marcar presença à porta do hospital.
"Estou aqui há 15 dias", contou à AFP Maria Scott, uma dona de casa de 46 de Newcastle, norte da Inglaterra, que estava acompanhada de sua filha. "Já viemos para os dois primeiros filhos. É muito importante mostrar-lhes o nosso apoio, para que saibam como gostamos deles, para demonstrar o orgulho que temos da monarquia", acrescentou Scott.
Para sua filha, Amy Thompson, estudante de 18 anos, trata-se de um momento histórico. "É parte da história. São muito importantes para este país, todo o mundo gosta deles, e é incrível ser testemunha de um momento histórico", diz.
A gravidez foi anunciada em setembro de 2017. Tal como nas duas gravidezes anteriores, a duquesa sofreu de "Hiperémese gravídica", uma forma severa de náuseas e vómitos, tendo sido forçada a cancelar vários compromissos.
O palácio de Kensington não confirmou ainda se o príncipe William irá tirar licença de paternidade, sendo que recordar que depois do nascimento da princesa Charlotte, o Duque de Cambridge ausentou-se dos treinos para ser piloto aéreo de emergência por duas semanas.
William é segundo na linha de sucessão ao trono depois do pai, o príncipe Carlos, que começou a assumir mais compromissos oficiais, dada a idade avançada da rainha Isabel II. No passado dia 20 de abril, e na sequência de um pedido de Sua Majestade, Carlos foi eleito seu sucessor como líder da Commonwealth, um cargo que não é hereditário.
O recém-nascido, quinto na linha de sucessão, mesmo sendo rapaz, não irá retirar a sua irmã Charlotte na ordem de sucessão graças à reforma adotada em 2011, antes do nascimento do primeiro filho dos duques de Cambridge, o príncipe George.
Fonte: MadreMedia

Hora de Fecho: Deputado do PS divulga recibos de ordenado

Logo Observador

Hora de fecho

As principais notícias do dia
Boa tarde!
Ascenso Simões diz que o fez em resposta à "deriva de ataque aos deputados" que diz existir neste momento. E considera que deve "essa explicação aos eleitores" do seu distrito de eleição, Vila Real.
Defensores do amor livre, criaram comunas na linha de Cascais. O líder, suspeito de abuso de menores, morreu na Caparica. História do polémico grupo religioso que tinha uma "estratégia ibérica".
João Lourenço exonerou esta segunda-feira José Marcos Barrica do cargo de embaixador da República de Angola em Portugal, não tendo avançado oficialmente qualquer nome para o suceder.
Norte e Sul vão se reunir este fim-de-semana e, para melhorar o ambiente entre as duas facções, as enormes colunas de som sulistas para enviar mensagens foram desligadas.
Sebastian Woodroffe estudava remédios alucinogénicos feitos pelas tribos indígenas desta região quando uma curandeira local foi assassinada. A população acreditou que tinha sido ele o assassino.
Salah Abdeslam é o principal suspeito do atentado ao Bataclan, em Paris. Esta segunda-feira foi condenado por outro motivo: o ataque à polícia belga três dias antes de ser detido.
O terceiro filho de William e de Kate nasceu há poucas horas. Enquanto não lhe conhecemos o nome ou o rosto, recordamos algumas das melhores fotografias dos seus pais e irmãos.
Não há regras para escolher os nomes dos bebés reais, mas há opções a evitar. Casas de apostas britânicas estão inclinadas para três nomes. O terceiro filho de Kate e William nasceu esta segunda.
A noite prometia ser escaldante, mas um acidente levou-o da cama em boa companhia para a maca do hospital. O caso foi grave, mas resolveu-se e Ross Asdourian decidiu contar tudo para quebrar tabus.
Lionel Messi viu crescerem os valores em mais 49,5 milhões de euros, ultrapassando assim Ronaldo em receitas. Quanto aos treinadores, Mourinho continua a ser quem mais dinheiro recebeu.
Advogado de defesa emite comunicado em que desmente notícias do Correio da Manhã e do Sol sobre a casa de Paris e sobre a alegada proximidade do ex-primeiro-ministro em relação ao ex-líder do BES. 
Opinião

Alexandre Homem Cristo
Emite comunicados onde garante a sua elevação ética e permanece em negação face às suas imperfeições procedimentais internas. O parlamento está perigosamente a tornar-se no seu próprio maior inimigo.

João Carlos Espada
Contra os anseios revolucionários de Maio de 68, a França permaneceu “burguesa”, isto é, livre e democrática. Pôde assim absorver ideias de Maio de 68, que teriam sido esmagadas pelos comunistas.

Luís Rosa
Rui Rio é mesmo o vice-primeiro-ministro ideal. É útil, diligente, prático e discreto. Em suma, Rio tem um valor político objetivamente superior a qualquer ministro e faz brilhar António Costa. 

Manuel Villaverde Cabral
Não percebem os defensores da eutanásia que a facilitação desse negócio só contribuirá para debilitar a confiança das pessoas nos médicos e enfraquecer o empenhamento na procura da cura para a doença?

Helena Matos
Esse universo de rendas sociais, reguladas e acessíveis ocupa hoje o lugar que a Reforma Agrária desempenhou no século passado: a esquerda acredita que é aí que fará a sua sementeira de votos 

Mais pessoas vão gostar da Hora de fecho. Partilhe:
no Facebook no Twitter por e-mail
Leia as últimas
em observador.pt
©2017 Observador On Time, S.A.
Rua Luz Soriano, n. 67, Lisboa

Incêndios: Homem confessou ter ateado fogo no pior dia do ano em Oliveira de Azeméis

Resultado de imagem para Incêndios: Homem confessou ter ateado fogo no pior dia do ano em Oliveira de Azeméis
Um homem de 49 anos assumiu hoje, no Tribunal da Feira, ter ateado um incêndio florestal, em Fajões, Oliveira de Azeméis, no dia 15 outubro 2017, que foi considerado “o pior dia do ano” em matéria de fogos.
Perante o coletivo de juízes, o homem confessou o crime, mas não apresentou qualquer justificação para a sua conduta, limitando-se a dizer que antes tinha estado a beber “dois litros de vinho, mais ou menos”.
“Passou alguma coisa pela cabeça. Bebi uns copos a mais e olhe”, disse o arguido, encolhendo os ombros.
O homem afirmou ainda que só ateou fogo uma vez, contrariando o que disse à Polícia Judiciária quando participou na reconstituição dos factos.
Na primeira sessão do julgamento, o tribunal ouviu ainda uma mulher que afirmou ter visto o arguido a tentar atear fogo, com um isqueiro.
“Ele estava escondido atrás de um pinheiro a olhar para o fogo. Tirou um isqueiro do bolso e agachou-se no mato e eu disse que ia chamar a guarda”, disse a testemunha.
O indivíduo abandonou o local a pé, tendo sido intercetado poucos metros à frente por vários populares que o retiveram até à chegada da GNR.
Resultado de imagem para Incêndios: Homem confessou ter ateado fogo no pior dia do ano em Oliveira de AzeméisSegundo a acusação do Ministério Público (MP), o arguido ateou fogo em quatro pontos de ignição diferentes, na vegetação rasteira ali existente.
Quando tentava efetuar a quinta ignição, junto de umas habitações, foi surpreendido por uma moradora que, quando viu o arguido com um isqueiro na mão junto ao mato, chamou pelo mesmo, saindo este do local.
Os focos incendiários provocados pelo arguido rapidamente alastraram à restante floresta, vindo a consumir uma área de 16 hectares de vegetação constituída por mato, pinheiro e eucaliptos.
O MP diz que as chamas só não atingiram outros bens, designadamente uma capela e habitações ali existentes, devido à pronta e eficaz atuação dos Bombeiros.
O homem, que está em prisão preventiva, está acusado de um crime de incêndio florestal.
Os incêndios de outubro que atingiram as regiões Centro e Norte provocaram 48 mortos.
O dia 15 de outubro foi considerado o “pior dia do ano” em termos de fogos florestais, tendo-se registado quase 500 ignições (fogachos incêndios florestais e agrícolas), de acordo com o relatório da comissão técnica independente aos incêndios.

Fonte: MadreMedia/Lusa

Carrinha atropela várias pessoas em Toronto. Condutor já foi detido

Polícia não consegue confirmar número de feridos. Alguns meios de comunicação falam em vítimas mortais
Uma carrinha atropelou várias pessoas, esta segunda-feira, em Toronto, Canadá, de acordo com as autoridades.
O incidente aconteceu numa zona bastante movimentada e pelo menos 10 pessoas podem ter estado envolvidas.
O condutor fugiu após o incidente, mas já terá sido detido, com a carrinha a ser identificada a vários quarteirões de distância, diz a BBC. Imagens da televisão canadiana parecem mostrar várias pessoas caídas no local do incidente. A BBC diz anda que um saco laranja, presumivelmente contendo um cadáver, estava a ser transportado.
A polícia começou por dizer que oito a dez pessoas estavam feridas, mas mais tarde foi referido que não existiam números concretos.
A CBC News diz que existem corpos tapados no chão.
Explica a Reuters que o incidente aconteceu na zona norte da cidade, a cerca de 30 quilómetros da baixa de Toronto, onde um grupo de sete ministros dos Negócios Estrangeiros estava reunido.
DN

Vagos vai requalificar as linhas de água afetadas pelos incêndios de 2017

A Câmara Municipal de Vagos e a APA - Agência Portuguesa do Ambiente assinaram, no passado dia 19 de abril de 2018, em Coimbra, um Protocolo de Colaboração para intervenção nas linhas de água atingidas pelos fogos florestais de 2017.
Este acordo surge na sequência dos incêndios que assolaram o Concelho, durante o ano de 2017, e servirá para requalificar as principais linhas de água atingidas pelos fogos florestais, representando um investimento total para a execução deste protocolo de até 70 mil euros, financiado a 100% pela APA.
Para o Presidente da Câmara Municipal de Vagos, Silvério Regalado, "Os protocolos de colaboração que foram hoje assinados são uma ferramenta importante para os municípios afetados pelos incêndios, porque irão permitir uma rápida intervenção na recuperação do património natural fluvial, que foi afetado pelas chamas, repondo a biodiversidade e a atratividade turística de natureza que estes locais possuíam".
A Câmara Municipal de Vagos irá iniciar de imediato a execução deste protocolo, através da realização dos procedimentos necessários de contratação pública, para que as intervenções iniciem no mais breve curto espaço de tempo.

SIRESP sofre alterações para reduzir risco de falhas

A rede SIRESP vai passar a ter, em caso de falha, um sistema alternativo de transmissão via satélite, um parque de 18 geradores de emergência e uma adaptação das infraestruturas elétricas das estações base, segundo as alterações do contrato.
Resultado de imagem para SIRESP sofre alterações para reduzir risco de falhas
A minuta do aditamento ao contrato entre o Governo e a gestora do Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) foi hoje publicada em Diário da República, depois de ter sido aprovada no Conselho de Ministros de 05 de abril, alterações que estão sujeitas a visto do Tribunal de Contas.
"A dimensão sem precedentes dos fogos florestais que devastaram o país durante o ano de 2017 e a experiência adquirida ao longo da execução do contrato tornam evidente a necessidade de se introduzirem alterações ao sistema SIRESP, fortalecendo o mesmo com a implementação de um nível de redundância de transmissão da rede SIRESP entre comutadores e as estações base de Portugal continental e com o reforço da autonomia de energia elétrica nas estações base, de modo a robustecer o funcionamento e melhorar a resiliência do sistema durante situações de emergência", refere a resolução.
O Governo justifica as alterações do contrato com a necessidade de "garantir a redundância da rede e uma maior eficiência do sistema".
Nesse sentido e para melhorar a rede SIRESP foi aprovado o gasto de 15,65 milhões de euros nos anos de 2018 a 2021, estando o investimento maior previsto para este ano, no valor de 8,2 milhões de euros.
Com as alterações, que devem estar operacionais "com a maior brevidade possível", as estações base do continente vão ser dotadas com meios e equipamentos elétricos que permitam, em caso de falha da energia elétrica, a ligação de um gerador de emergência.
A minuta do aditamento ao contrato prevê também a criação de um sistema alternativo de transmissão via satélite que está disponível para assegurar as comunicações do SIRESP do continente, até um máximo de 60 estações base em simultâneo, sempre que haja falha dos circuitos alugados terrestres que normalmente suportam as referidas comunicações.
Outra das alterações introduzidas implica ainda a utilização de um parque de 18 geradores de emergência, repartidos por três polos, disponíveis para deslocação e instalação nas estações base do SIRESP do continente, para fornecimento de energia em situações de falha da rede pública, permitindo a continuidade do fornecimento de energia elétrica para além do período de seis horas garantido pelas baterias. Estão excluídas destas alterações as estações base do Metro de Lisboa e do Porto e as estações móveis.
As alterações ao contrato preveem igualmente a aplicação de penalizações por indisponibilidade das soluções de redundância e multas específicas para eventuais atrasos na execução das soluções de redundância de transmissão e de reforço da autonomia da energia elétrica, bem como um "reforço da atual caução de bom cumprimento do contrato por forma a melhor salvaguardar a sua boa execução".
Em caso de incumprimento pela operadora que gere o SIRESP, as multas podem ter um valor em função da gravidade da infração entre um mínimo de cinco mil euros e um máximo de 200 mil euros.
A resolução do Conselho de Ministros determina ainda a aplicação de uma multa contratual caso até 15 de setembro não tenha ocorrido a entrada em serviço da totalidade do SIRESP com soluções de redundância da transmissão e reforço da autonomia de energia elétrica, por causas que sejam imputáveis à operadora.
Estas multas vão ser aplicadas por cada semana ou fração de atraso até ao limite máximo global de 14 mil euros.

Fonte: JN
 Foto: Arquivo/Global Imagens

Comércio electrónico com mais queixas

O PORTAL DA QUEIXA, rede social de consumidores, registou no primeiro trimestre do ano, e face ao período homólogo de 2017, um aumento na ordem dos 51% do número de reclamações relacionadas com o comércio electrónico.
Trata-se de um aumento significativo que o PORTAL DA QUEIXA refere, em comunicado, relacionar-se com o aumento na utilização da internet pelos portugueses para realização das suas compras.
O responsável máximo desta entidade, Pedro Lourenço, lembra que “hoje em dia, a internet é uma das ferramentas mais utilizadas pelos portugueses, consequentemente, as experiências de consumo online aumentaram e, inevitavelmente, as reclamações também”.
No entanto, o aumento das reclamações recebidas durante o período referido abrange diferentes sectores de actividade, nomeadamente, Comércio Electrónico, Correio Postal e Expresso, Comércio a Retalho, Serviços do Estado, Água, Electricidade e Gás. As restantes reclamações subdividem-se pelas categorias de formação e educação, cultura e lazer, animais e serviços empresariais diversos.
De acordo com o fundador da maior rede social de consumidores, “existem inúmeros motivos para os portugueses reclamarem, mas na sua maioria estão relacionados com os atrasos nas entregas de encomendas, mau serviço prestado, como burlas ou esquemas fraudulentos online, entre outros.”
Fonte:oalgarve

Cantanhede e Ançã também celebram o Dia da Liberdade

"O povo é quem mais ordena!"
Com cravo na lapela, ou sem ela, o que importa é celebrar condignamente o 25 de Abril, relembrando - nesta ação - todo o longo percurso na procura incessante da liberdade.
Ançã e Cantanhede estarão a sua espera nesse dia, bem como tantas e tantas localidades do país. Saia de casa e comemore o facto de poder pensar e falar sem receios...

Assembleia Municipal reúne a 27 de abril



Resultado de imagem para Marinha Grande
A Assembleia Municipal da Marinha Grande reúne em sessão ordinária, no dia 27 de abril de 2018 (sexta-feira), pelas 20h30, no Auditório da Resinagem, sito na Praça Stephens.

A ordem do dia é a seguinte:

1. PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PRÉVIA PARA A ASSUNÇÃO DE COMPROMISSOS PLURIANUAIS para o “ Protocolo para o enquadramento de pessoal destinado a integrar as equipas de intervenção permanente”, nos termos do disposto na alínea c) do n.º 1 do artigo 6.º da Lei n.º 8/2012 de 21 de fevereiro. 

2. APRECIAÇÃO DO INVENTÁRIO DE TODOS OS BENS, DIREITOS E OBRIGAÇÕES PATRIMONIAIS E RESPETIVA AVALIAÇÃO, RELATIVO AO EXERCÍCIO ECONÓMICO DO ANO 2017, de acordo com o disposto na alínea l) do nº 2 do artigo 25º do RJAL. 

3. APRECIAÇÃO DO RELATÓRIO DE GESTÃO E CONTAS DO EXERCÍCIO DE 2017 DA EMPRESA MUNICIPAL TUMG – TRANSPORTES URBANOS DA MARINHA GRANDE E.M. UNIPESSOAL, S.A., de acordo com o disposto na alínea b) do n.º 2 do art.º 25 do RJAL. 

4. APRECIAÇÃO DO RELATÓRIO DE GESTÃO E CONTAS DO EXERCÍCIO DE 2017 DE ENTIDADES PARTICIPADAS PELO MUNICÍPIO DA MARINHA GRANDE: ADCL - Águas do Centro Litoral, S.A., VALORLIS, S.A., LUSITÂNIA GÁS, S.A., CENTIMFE, OPEN E COOPOVO CRL, de acordo com o disposto na alínea b) do n.º 2 do art.º 25 do RJAL. 

5. APRECIAÇÃO E VOTAÇÃO DOS DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS DO MUNICÍPIO DA MARINHA GRANDE AO EXERCÍCIO ECONÓMICO DE 2017 de acordo com o disposto na alínea l), do nº 2, do artigo 25º do RJAL. 

6. APRECIAÇÃO DA ATIVIDADE MUNICIPAL E SITUAÇÃO FINANCEIRA, nos termos do disposto no artigo 25º do nº 2, alínea c) do Regime Jurídico das Autarquias Locais, aprovado pela Lei nº75/2013 de 12 de setembro. 

O período de “intervenção do público”, para apresentação de assuntos de interesse municipal e pedidos de esclarecimentos, tem lugar entre o período “antes da ordem do dia” e o período da “ordem do dia”. Para o efeito, os cidadãos interessados em intervir, deverão proceder à sua inscrição por meio eletrónico ou via presencial, no início da sessão, referindo o nome, morada e assunto a tratar.

Obras de valorização do Castro do Zambujal já arrancaram

As obras de valorização do Castro do Zambujal já tiveram início. Os trabalhos visam promover a conservação e restauro do património, assim como possibilitar a sua fruição pública enquanto destino turístico-cultural e estimular a atividade económica da região. Empreitadas de paisagismo, de conservação e restauro e museografia digital são as três componentes de investimento contempladas no projeto em causa, todas com uma duração estimada de seis meses.

Uma vedação vegetal irá circundar a zona alta - o povoado com as quatro linhas defensivas identificadas -, de modo a garantir que o sítio se mantem o mais natural possível. Será ainda recuperada parte da segunda linha de muralha que ali passava. De modo a melhorar o caminho de acesso ao povoado, o projeto contempla a criação de espaço para o parqueamento de automóveis e autocarros, assim como uma área para a inversão de marcha.

O percurso interno do Castro do Zambujal irá contar com seis “estações”, que pretendem dar a conhecer pontos de interesse, a história e a sua envolvente. Serão produzidos painéis e folhetos informativos, assim como uma aplicação para telemóvel, que pretendem melhorar a experiência dos visitantes.

Atualmente sem infraestruturas que visem apoiar o turismo, o Castro do Zambujal conta com uma média de 3600 visitantes por ano, número que se pretende aumentar para 10 mil visitantes em 2023.

O Projeto de Valorização do Castro do Zambujal apresentado pelo Município de Torres Vedras conseguiu obter financiamento comunitário no âmbito do Programa Operacional Regional do Centro – CENTRO 2020. A operação, que apresenta um custo total de 350 mil euros, será financiada a 85% pela União Europeia, com o restante montante a ser garantido através de apoio público nacional.

O Castro do Zambujal, um dos mais importantes monumentos do calcolítico peninsular, é Monumento Nacional desde 1946.

Câmara Municipal de Torres Vedras

Tlf: +351 261 320 751

Muitas actividades e promoções no Mercado de Portimão

Ao longo do mês de Maio vai ser levada a cabo, no Mercado da Avenida São João de Deus, em Portimão, a iniciativa “Gosta do Teu Mercado”, integrada na campanha internacional “Love Your Local Market” que, no ano passado, envolveu mais de 3.000 mercados de 17 países.
Em parceria com a SIMAB, o Mercado adere, desta forma, a esta iniciativa de âmbito internacional dinamizando um conjunto de actividades especiais durante todo mês, estando previstas promoções e ofertas especiais em todos os sectores comerciais deste espaço comercial, demonstrações e degustações culinárias a cargo de Chefs de renome nacional, entretenimento e, ainda, animação, com a iniciativa especial “H(À) Noite no Mercado”, agendada para o próximo dia 12 de maio.
No dia 12 de Maio realiza-se a iniciativa “(H)À Noite no Mercado”, que, entre as 19h30 e as 00h30, dinamizará no espaço comercial a edição especial do Choque Frontal, programa produzido pela rádio Alvor FM, tendo como convidada a banda Brasa Doirada, decorrendo por ocasião da mesma um desfile de moda com modelos portimonenses, organizado e produzido pela marca local Purple. As roupas são da autoria de Ana Ben Ami, e os modelos serão penteados pelo cabeleireiro Vítor Picardo e maquilhados pela Sandra Martins Make-Up, numa iniciativa que se pretende local e de aproximação entre os operadores do mercado, o próprio comércio e população local.
“(H)À Noite no Mercado” contará ainda com tasquinhas e a participação espaço da Rota dos Vinhos do Algarve, consistindo numa oportunidade única para os visitantes visitarem este equipamento fora de horas e adquirirem os frescos directamente junto dos operadores que se farão, de igual modo, representar na iniciativa nocturna.
Fonte:oalgarve

“Histórias da Liberdade” integram Comemorações do 25 de Abril em Loulé


Hoje “Histórias da Liberdade” integram Comemorações do 25 de Abril em Loulé

É na Biblioteca Municipal de Loulé que hoje e amanhã, dias 23 e 24 de abril, entre as 10h00 às 14h00, tem lugar a iniciativa pedagógica intitulada “Histórias da Liberdade”, direcionada para os alunos do 1º ciclo. Este evento visa falar sobre este momento tão importante na história contemporânea portuguesa que marca o fim da Ditadura no nosso País e o início da Era Democrática.
Pelas 14h30, também na Biblioteca Municipal, o espetáculo “Quem quer ser Saramago, pela Andante Associação Artística, para alunos do ensino secundário; e às 21h30, no Cine-Teatro Louletano, o concerto de Ricardo Ribeiro “Canta José Afonso”, assinalam a véspera do aniversário da Revolução dos Cravos com estas duas propostas culturais.

Governo francês reforça patrulhamento nos Alpes para assegurar “controlo das fronteiras”

O governo francês vai enviar reforços "importantes" das forças da ordem para "assegurar o respeito absoluto do controlo das fronteiras" no sul dos Alpes, palco de confrontos entre extrema-direita e 'pró-migrantes', anunciou hoje o ministro do Interior.
Resultado de imagem para Governo francês reforça patrulhamento nos Alpes para assegurar “controlo das fronteiras”
A zona sul dos Alpes foi palco este fim de semana de várias ações lideradas, por um lado, por elementos da extrema-direita e, por outro, por ativistas pró-migrantes.
O ministro francês do Interior, Gérard Collomb, num comunicado citado pela Agência France Presse (AFP), “condena com a máxima firmeza todas as provocações, gestos e incidentes que marcaram este fim de semana na região dos Altos Alpes e dos quais grupos de ativistas de extrema-direita e de extrema-esquerda são respetivamente a origem”.
Uma centena de militantes da Geração Identitária (movimento de extrema direita francês) bloqueou no sábado o Col de L’Échelle, ponto de passagem de migrantes nos Alpes franceses, para “garantir que nenhum clandestino possa entrar em França”.
O grupo de militantes é composto maioritariamente por franceses, mas inclui também italianos, húngaros, dinamarqueses, austríacos, ingleses e alemães.